Veja fotos de Walcyr Carrasco

Autor é famoso por suas novelas na TV brasileira

Por ,

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Fonte: Instagram

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Fechar anúncio

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Fonte: Anderson Borde/AgNews

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Fechar anúncio
Fonte: Marcello Sá Barretto/AgNews

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Fonte: TV Globo

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Fechar anúncio
Fonte: TV Globo

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Fonte: Divulgação/TV Globo

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Fechar anúncio
Fonte: Instagram

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca

Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca
Wlacyr Carrasco é um dos dramaturgos mais importantes da atualidade. O profissional escreveu novelas como “Xica da Silva” (1996), da TV Manchete, “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo e “O Outro Lado do Paraíso”, (2017), também da emissora carioca

Notícias relacionadas

Comentários

Últimas