Rio de Janeiro confirma verba menor para o Carnaval 2018

Prefeitura quer investir parte do dinheiro em Educação

Por ,

Marquês de Sapucaí
Fonte: Marco Antonio Cavalcanti/Riotur/Divulgação

Escolas de samba sinalizaram que podem não desfilar na folia de 2018

A Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro confirmou, nesta sexta-feira (16), que a verba liberada para o Carnaval do ano que vem será menor do que a prevista. O assunto tem sido um dos mais comentados nos últimos dias.

VOCÊ VIU? Ticiane Pinheiro leva fora de César Tralli: "Broxante"

MC Soffia dá resposta ‘lacradora’ a Ana Furtado ao vivo

Thiago Rodrigues nega barraco com ex na em prédio da Globo

Joelma é flagrada com novo namorado nos bastidores de show

Em nota, a Riotur adiantou que o patrocínio para as agremiações será de R$ 13 milhões, a metade do que a Liga Independente das Escolas de Samba esperava anteriormente - em 2016, cada uma das escolas recebeu R$ 2 milhões.

"Diante da crise, deve-se priorizar o que é essencial e nesse momento aplicar recursos na educação e na alimentação das crianças nas creches é primordial", informou o órgão da prefeitura da cidade, segundo o "G1".

Presidente da Liesa, Jorge Castanheira já havia comentado que algumas escolas de samba sinalizaram que não vão passar pela Sapucaí sem o apoio financeiro público. Mangueira, União da Ilha, São Clemente e Unidos da Tijuca estão entre elas.

"Certamente a maioria vai ter esse tipo de comportamento. Porque vai ficar inviável", afirmou ao jornal "O Dia".

Notícias relacionadas