Ator de "Gossip Girl" recebe nova acusação de estupro

Aurélie Wynn revelou que também foi assediada por Ed Westwick

Por ,

Ed Westwick e Aurélie Wynn
Fonte: Instagram

"Eu fiquei em choque", relatou Aurélie Wynn

Ed Westwick recebeu uma nova denúncia de abuso sexual. Aurélie Wynn usou suas redes sociais, na última quarta-feira (8), para revelar que foi estuprada pelo ator em 2014.

VOCÊ VIU? Fátima e novo namorado já tiveram 'lua de mel' na Europa 

Namorado desconversa sobre Fátima: "Prefiro não falar"

Grávida, Patricia Abravanel cai ao vivo no palco do Teleton

Jacqueline Brazil estreia no "JN" e faz sucesso na web

No texto, atriz conta que a situação aconteceu no apartamento do astro de "Gossip Girl". "Eu disse não e ele empurrou meu rosto para baixo, me senti sem forças. Eu estava usando um maiô, que ele rasgou. Eu fiquei em choque, sou muito pequena. Quando tinha acabado, descobri que a mulher [que estava com o grupo durante a noite] tinha saído ou havia sido expulsa", disse.

A famosa ainda relatou que seu namorado na época, Mark Salling, terminou o relacionamento e afirmou que o abuso aconteceu por culpa dela: "Meus outros amigos disseram que era melhor não dizer nada, que ninguém ia acreditar em mim e que eu só ia querer meus 10 segundos de fama".

Para quem não sabe, Ed também foi acusado de estuprar Kristina Cohen. A jovem compartilhou na web um texto em que apontou o artista como seu violador. Segundo a jovem, o caso aconteceu em 2014 durante um jantar no apartamento do famoso, que contava com a presença também de um produtor. Após diversas insinuações, o intérprete de Chuck Bass, do seriado "Gossip Girl", teria sugerido à 'colega' que dormisse no quarto de hóspedes.

"Eu fui para o quarto, deitei e acabei dormindo. Eu fui acordada abruptamente com Ed em cima de mim, com seus dedos dentro do meu corpo. Eu pedi para ele parar, mas ele era muito forte", escreveu em um dos trechos da postagem.

Porém, o ator se pronunciou e garantiu nunca ter cometido o crime. "Não conheço essa mulher. Nunca me forcei de maneira nenhuma contra nenhuma mulher. Eu certamente nunca cometi um estupro", escreveu na publicação.

Notícias relacionadas