Necropsia aponta uso de diversas drogas por Carrie Fisher

Atriz morreu em dezembro do ano passado

Por ,

Carrie Fisher
Fonte: Divulgação

Carrie Fisher também tomava remédios para controlar um transtorno bipolar

Nesta segunda-feira (19), foi divulgado o resultado da necropsia de Carrie Fisher, que faleceu aos 60 anos em dezembro do ano passado. O laudo mostrou que a atriz utilizou diversos tipos de drogas no dia de sua morte.

VOCÊ VIU? Último vídeo de Eliza Clívia cantando emociona fãs na web

Substituto de Fátima Bernardes no "Encontro" já morou na rua

Marido de Juju Salimeni nega traição e crise no casamento

Ex de Bruna Marquezine vira piada com ‘curso’ de atuação

Segundo o site "Mirror", a veterana tinha cocaína, heroína, ecstasy e metadona em seu sistema sanguíneo. A causa oficial foi uma crise de apneia com contribuição de uso de drogas.

Alem disso, a artista também fazia o uso de remédios como Prozac, Aripiprazol e Lamotrigina - prescritos por seu médico para tratar de um transtorno bipolar. 

Notícias relacionadas