Seita da atriz de “Smallville” está ligada ao tráfico humano

Allison Mack segue sob supervisão das autoridades norte-americanas

Por ,

Allison Mack
Fonte: Divulgação

Allison Mack ganhou destaque como Chloé Sullivan em "Smallville"

Associada à seita sexual, Allison Mack foi acusada por um novo crime. Desta vez, promotores norte-americanos apresentaram documentos à Justiça dos Estados Unidos, os quais afirmam que o grupo também está ligado ao tráfico de pessoas.

VOCÊ VIU? Após denúncias, Giselle Itié volta a postar fotos nua; veja

Morre médium e apresentador Luiz Gasparetto, aos 68 anos

Isis Valverde é alvo de crítica: "Só assim para ter peito"

Ex-BBB Lucas detona página na web após notícia falsa

Segundo o “Radar Online”, os advogados asseguraram que a famosa está envolvida com contrabando humano, ocultação de imigrantes ilegais, abuso físico e mental. Isso tudo além de perseguição às vítimas, que eram chantageadas para não denunciarem.

A artista chegou a pagar uma fiança de U$ 5 milhões – cerca de R$ 14,1 milhões – para se livrar da cadeia. Atualmente, sob vigia da polícia, cumpre a pena na casa dos pais, na Califórnia, até o julgamento decisivo, que acontecerá em breve.

Allison, vale lembrar, ganhou destaque como Chloé Sullivan no seriado “Smallville”, do canal norte-americano CW. Caso for condenada, a moça pode pegar até 15 anos de prisão.

Notícias relacionadas