Sem leis de incentivo, filme de Edir Macedo ficará para 2018

Trama ainda está passando por fase de captação de patrocinadores

Por ,

Edir Macedo e Ester Bezerra
Fonte: Instagram
Edir Macedo pretende captar mais lucros de forma independente para a exibição do filme

A trilogia sobre a vida do bispo Edir Macedo deverá ser lançada só no início de 2018. A ideia era colocar o projeto nas telonas ainda neste ano, porém, o projeto sofreu um atraso devido à escolha do elenco e da fase de captação de patrocinadores.

VOCÊ VIU? Após 23 anos, Hermano Henning deixará o SBT

Hugh Jackman faz sucesso com vídeo em português

Duda Nagle admite ciúme de Sabrina: "Desconfortável"

Magnólia fará mais uma vítima em "A Lei do Amor"

Segundo o colunista Ricardo Feltrin, a Record Filmes, produtora da trama, não pretende contar com o dinheiro de leis de incentivo à cultura, que bancam grande parte da produção cinematográfica do Brasil. 

Os tres filmes serão baseados no livro "Nada a Perder", escrito por Douglas Tavolaro, vice-presidente de Jornalismo da TV Record, e também produtor da trilogia e produtor-executivo do longa “Os Dez Mandamentos”. 

Vale lembrar que cada filme do marido de Ester Bezerra está orçado em cerca de R$ 16 milhões.

Notícias relacionadas