Flávia Alessandra sobre "Êta Mundo Bom": "Trouxe esperança"

Atriz falou ainda sobre segredo de sua boa forma e cuidados com cabelo

Por ,

Flávia Alessandra
Fonte: TV Globo
Flávia Alessandra fez sucesso como a vilã Sandra no sucesso das 18h da Globo

“Êta Mundo Bom” chegou ao fim na última sexta-feira (26) como o maior sucesso da TV Globo na faixa das 18h na última década. Vilã da novela assinada por Walcyr Carrasco, Flávia Alessandra acredita que o folhetim trouxe um respiro ao público em meio a tempos tão difíceis na vida real.

“A novela trouxe esperança. É uma fábula gostosa. Estamos vivendo momentos muito difíceis. É complicado assistir algo na TV. A novela te dá esse respiro nessa viagem fantasiosa. Aqui tudo tem um tom a mais ou dois. É um perigo, mas isso que faz funcionar. Todas as cenas dessa novela exigem um limiar para não ultrapassar”, contou ao Famosidades.

Antes mesmo da estreia da trama, muita gente comparou a ambiciosa Sandra com a invejosa Cristina de “Alma Gêmea” (2005), outro tipo criado por Carrasco e interpretado pela famosa. As semelhanças, contudo, foram propositais.

“Quando começamos a montar a Sandra, resolvemos manter o que tinha dado certo na Cristina e acrescentar ingredientes. A partir daí, fomos buscar o diferencial dela. A leveza, o humor, a sensualidade e a maldade. Ela é mau caráter que só pensava em dinheiro. A Cristina era pesada, soturna, mal resolvida, fechada e movida por um amor cego. As justificativas são muito diferentes. Mas a base da Cristina que funcionava a gente quis deixar”, explicou.

Por causa da época em que a novela se passava, a loira teve que ficar meses sem pegar sol. Apaixonada por praia, a esposa de Otaviano Costa abusava do protetor solar quando caía em tentação: “Com a novela no ar, eu ia à praia, mas parecia que não estava lá. É protetor, chapéu, blusa longa... Ficava toda resguardada para não me queimar”.

Durante a entrevista, a gata contou também que não usa balança para se pesar, revelou segredo de sua boa forma e explicou como ajuda a filha. Giulia Costa, a lidar com a mídia. Confira a seguir!

FAMOSIDADES - A Sandra caiu no gosto popular né?

FLÁVIA ALESSANDRA - Graças a Deus ela caiu no gosto do público. Acho que foi por causa do humor. Apesar de má, ela é leve, debochada, faz piada de tudo... É muito elegante, além de ser sensual. Sabe usar isso como arma para conseguir tudo o que precisa.

Você foi muito abordada nas ruas?

Muito. Sempre que viajava, via todo mundo no aeroporto vendo e comentando a novela. Me pararam muito para pedir para eu não casar com o Candinho. Era uma preocupação generalizada.

“Mundo Bom” chega ao fim com uma das melhores audiências da TV Globo na última década. Em alguns momentos, bateu  a novela das 21h. Em sua opinião, qual o motivo do sucesso dessa história?

A novela trouxe esperança. Era uma fábula gostosa. Estamos vivendo momentos muito difíceis. É complicado assistir algo na TV. A novela te dava esse respiro nessa viagem fantasiosa. Tudo tinha um tom a mais ou dois. Er um perigo, mas isso que fazia funcionar. Todas as cenas dessa novela exigiam um limiar para não ultrapassar. Como, por exemplo, a cena da guerra de bolo. Tem que ter uma concentração absoluta porque é uma única vez. Se a gente errar, tem que continuar. Só não pode rir.

No começo da novela, muita gente comparou a Sandra com Cristina de “Alma Gêmea” (2005). Isso te incomodou em algum momento?

Eu amava essas comparações. Acho a Cristina incrível. Quando começamos a montar a Sandra, resolvemos manter o que tinha dado certo na Cristina e acrescentar ingredientes. A partir daí, fomos buscar o diferencial dela. A leveza, o humor, a sensualidade e a maldade. Ela é mau caráter que só pensa em dinheiro. A Cristina era pesada, soturna, mal resolvida, fechada e movida por um amor cego. As justificativas são muito diferentes. Mas a base da Cristina que funcionava a gente quis deixar. Agora, o cabelo dela era bem diferente também. Era um loiro escuro, preso, grande. A gente usou agora um cabelo mais curto e platinado, baseado nas divas do cinema.

A Sandra tinha um visual muito requintado. Parecia uma boneca. Você levava muito tempo para se arrumar, esconder maquiagens...

A maquiagem não saía nem com banho. Era a prova d’água. Só tirava nos fins de semana. Aí só retocava na segunda e não demorava mais que 10 minutos. Para me arrumar levava mais tempo, cerca de uma hora. Sempre chegava antes, com o cabelo quase pronto. Nunca começava do zero. Sempre chego cedo, independente da novela, para respirar, almoçar com calma, me aprontar devagar.

Dá muito trabalho manter esse tom de loiro?

Cuidar do cabelo não dá trabalho. Só no primeiro momento de mudança que ele sente. O problema é mesmo o retoque. Tinha que fazer sempre porque a novela era de época.  Se surgisse uma raiz pequenininha já tinha que pintar. Sou loira a vida inteira. Estou acostumada a fazer hidratação sempre. Tenho aquele kit no box pra fazer em casa uma vez por semana. Mas meu cabelo é muito fino, então tenho até que evitar às vezes.

Qual o segredo para chegar tão bem aos 42 anos?

A gente gravando se torna mais fácil controlar a silhueta porque não dá para ficar beliscando. O perigo aí é cenário de rico. A gente tem muita cena de comida. Vejo no roteiro se tem almoço e eu espero para comer em cena. Tento ir à academia. Tem semana que não dá. Não tem segredo. Tem esforço.

E o que você faz na academia?

Faço de tudo um pouco. Vou do boxe ao crossfit, praia, funcional... Para não enjoar.

Já vimos fotos de você fazendo funcional com a Giulia Costa, sua filha, na praia. Malhar com a herdeira é um incentivo a mais?

Tem dias que a gente consegue, não é sempre. É bom treinar junto porque a gente sempre se cobra. O que eu queria mesmo era criar o hábito do esporte nela porque acho muito importante. Estou tentando cultivar isso na Olívia, minha filha caçula.

Você tem problema em dizer quanto pesa?

Eu não uso balança.

É uma tática para não ficar com aquela mania de se pesar o tempo todo?

Não. Minha medição é entrar na calça jeans. Uso 36, 38. Não controlo peso, não tenho essa paranoia. Meu negocio é sentir a calça sobrando um pouquinho. [Risos]

Você adora praia e precisou ficar os últimos meses sem pegar sol. Como fez?

Usei muito protetor. Fiquei meses sem pegar sol para fazer a Sandra. Com a novela no ar, eu ia à praia, mas parecia que não estava lá. É protetor, chapéu, blusa longa... Ficava toda resguardada para não me queimar.

Na última vez em que você posou nua, você ficou tão empolgada que prometeu fazer um novo ensaio a cada cinco anos. Ainda se imagina na capa da “Playboy” ou essa onda passou?

Passou. Não quero mais. Fiz dois ensaios incríveis e satisfez minha vontade. Consegui realizar meus desejos. Fiz um na praia, um com a pegada preto e branco. Fiquei realizada. Estou fechada para balanço.

A Giulia estreou em “Malhação” no ano passado e, com isso, passou a ter a vida dela exposta na mídia. Você a aconselha a lidar com essa indústria? Existe esse diálogo entre vocês?

Eu tento aconselhar, mas acho que ela sabe mais do que eu. Quando comecei não tinha isso. Deve ser chato, complicado, difícil... Há 29 anos, não tinha internet, redes sociais. Só tinha a revista “Amiga” que era venenosa. Hoje não é mole. A velocidade e a quantidade de informação são muito grandes, ela sabe lidar com isso melhor que eu. Ela nasceu nessa geração.

Qual a sua relação com as redes sociais?

Amo Instagram. Uso, atualizo, vejo as coisas... Estou tentando o Snapchat. Mas é só. Facebook, por exemplo, nem pensar.

Com a família toda de artista, a Olívia flerta com a arte de alguma forma ou ela vai ser a exceção?

Olívia diz que vai ser cantora. Ela canta o dia inteiro.

A Flávia de hoje é melhor que a Flávia de 20 anos atrás?

A segurança, a calmaria que os 40 te traz e que com 20 anos jamais teria. A gente sofre muito, se questiona muito quando é mais novo. Com 40 anos, você é mais inseguro só no trabalho. Onde a coisa só piora porque a gente se cobra muito mais. Tive a honra de trabalhar com o Marco Nanini e quando ele disse que não consegue se ver em cena, me senti um pouco mais normal.

Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Fonte: TV Globo
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Fonte: TV Globo
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Fonte: TV Globo
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Fonte: TV Globo
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Fonte: TV Globo
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Fonte: TV Globo
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Fonte: TV Globo
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Fonte: TV Globo
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Fonte: FAMOSIDADES
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima
Disposta a tudo para ficar com parte da herança da tia, Sandra (Flávia Alessandra) resolve investir em um romance com Candinho (Sérgio Guizé). Como o rapaz não se interessa por ela, a vilã arma um plano para fazer com que Anastácia (Eliane Giardini) obrigue o filho a firmar um compromisso com a prima