© Divulgação/YouTube

Concurso Miss América bane desfiles de biquíni

O Miss América – concurso de beleza dos Estados Unidos – adotou novas medidas de avaliar as candidatas em sua próxima edição. Agora, as modelos não precisarão mais desfilar de biquíni e nem serão mais julgadas pela aparência.

VOCÊ VIU? Após denúncias, Giselle Itié volta a postar fotos nua; veja

Morre médium e apresentador Luiz Gasparetto, aos 68 anos

Isis Valverde é alvo de crítica: “Só assim para ter peito”

Ex-BBB Lucas detona página na web após notícia falsa

“Tenho ótimas ideias para essa organização. Não somos mais uma cerimônia, somos uma competição. Não julgaremos mais nossas candidatas por sua aparência exterior, isso significa que não teremos mais uma competição de maiôs”, explicou a presidente da organização, Gretchen Carlson, ao “Good Morning America”.

A responsável pelo evento ressaltou a necessidade de entender a personalidade de cada uma das integrantes para eleger a vencedora.  “Queremos ser abertos, inclusivos a mulheres que possam não ter estado confortáveis em participar de nosso programa antes. Nós sempre tivemos talento e bolsas de estudos, nós precisamos transmitir essa parte do programa melhor também”, declarou.

E ainda fez questão de reiterar: “Agora não vamos te julgar por sua aparência, porque estamos interessados em o que faz você”.

A organização do evento passou por mudanças após o ex-presidente do Miss América, Sam Haskell , e outros executivos serem denunciados por comentários depreciativos a respeito de algumas modelos do concurso, em 2017.




Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE