Bruna Marquezine admite insegurança para viver vilã na TV

No ar como a Catarina de “Deus Salve o Rei” – trama das 19h da TV Globo que estreou na última terça-feira (9) -, Bruna Marquezine confessou ter se sentido insegura para viver a personagem. A atriz admitiu ter achado não ser boa o suficiente para o papel de antagonista.

VOCÊ VIU? Autor mata personagens de “O Outro Lado” por ordem da Globo

Paolla Oliveira decide deixar elenco de nova série da Globo

Sem emplacar na Globo, Emilly Araújo decide ser youtuber

Marilene Saade surpreende fãs ao postar foto nua; confira!

“Cheguei a dividir com meus diretores que quase não me sentia capaz de dar vida a Catarina, mas acredito que ela veio num momento especial da minha carreira. Estou mais madura como mulher e com sede de trabalhar”, revelou ao jornal “Extra”.

A morena também descreveu a personagem: “Catarina é malvada mesmo, o que me exige uma energia e uma entrega muito grande. Ela é calculista, altiva”.

Tão má assim, a bela garantiu já estar preparada para a reação dos telespectadores. “Se eu ganhar bolsada na rua, vou ficar feliz”, brincou.

Sobre seu par romântico com Constantino (José Fidalgo) na novela, a famosa avaliou: “É um encontro potente, de muito fogo. Os dois têm obsessão pelo poder. São perigosos. Catarina sente que a qualquer momento ele pode traí-la, e ele, que ela pode matá-lo”.

Já a respeito de seu ‘boy’ da vida real, Neymar, a musa evitou se prolongar: “Ele é bem parceiro, sempre me apoia”.

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE