Cunhada de Ana Hickmann segue internada em Belo Horizonte

Giovana Oliveira, cunhada de Ana Hickmann, continua internada no hospital Biocor, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Contudo, a assessoria de imprensa do centro médico informou, nesta segunda-feira (23), que precisa da autorização da família para dar mais detalhes a respeito do quadro de saúde da moça.

VOCÊ VIU? Agressor de Ana Hickmann é enterrado em MG e mãe desabafa: “Era o melhor filho do mundo”

A jovem foi atingida por dois tiros – um braço e outro no abdômen – no atentado realizado por Rodrigo de Pádua contra a apresentadora da Record, no último sábado (21). Por causa do ocorrido, a jovem passou por uma cirurgia de emergência e seu quadro é estável.

“A paciente Giovana Alves de Oliveira foi submetida a cirurgia de emergência em 21/05/2016, para tratamento de lesões intestinais e vasculares. No momento, encontra-se em tratamento intensivo. Está lúcida, acordada, consciente e com os sinais vitais estáveis, apesar de ainda sob riscos e inspirando cuidados. Respira sem ajuda de aparelhos”, dizia o comunicado enviado no domingo (22).

Entenda o caso: Ana Hickmann sofreu um atentado promovido por Rodrigo de Pádua, homem que dizia ser ‘fã’ da loira, no hotel onde estava hospedada, em Belo Horizonte, MG. O moço fez o cunhado da apresentadora, Gustavo Corrêa, de refém, e o obrigou a leva-lo até o quarto da artista. A loira estava acompanhada de sua cunhada, Giovana Oliveira, no momento da confusão.

Chegando ao local, Pádua, depois de muita discussão e ofensas contra Ana, atirou duas vezes em direção à famosa. Porém, acabou atingindo Giovana no braço e na barriga. Gustavo iniciou uma briga corporal com o indivíduo e terminou fazendo três disparos contra Rodrigo, que morreu no local.

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE