• © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © TV Globo
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram

Daniela Mercury afirma: “Casar com mulher é igualdade total”

Daniela Mercury fez um balanço sobre sua vida pessoal e afirmou que viveu uma renovação como pessoa, depois de se casar com Malu Verçosa, durante participação no “Mariana Godoy Entrevista”, da RedeTV!, na última sexta-feira (25).

VOCÊ VIU? Justiça rejeita ação movida por Belo contra Denílson

Após sofrer infarto, Buchecha tranquiliza fãs: “Só um susto”

Padre Fábio de Melo brinca com saída de Evaristo do Brasil

Scooby diz que nunca traiu Piovani: “Não tem como provar”

“Primeiro, casar com mulher é obedecer, é igualdade total, é desafiador. Porque, assim, a gente está na mesma situação social, são duas pessoas muito equivalentes nos direitos. Então [casar com mulher] é muito legal, porque é um ‘tête-à-tête’. Nós somos duas pessoas de personalidades fortes, duas leoninas. Eu estou vivendo uma renovação como pessoa e penso que é por Malu ser quem é”, declarou.

A cantora ainda teceu elogios à companheira, com quem oficializou a união em 2013.

“É uma mulher que eu admiro muito, é uma pessoa que eu admiro em todos os sentidos, uma pessoa generosíssima, com convicções muito bem definidas. Então viver com ela está sendo um aprendizado, estou aprendendo com ela todos os dias. Estou tão apaixonada que penso que ela é a melhor pessoa da face da Terra”, se derreteu.

Durante o programa, a cantora baiana também fez duras críticas à atual situação política do Brasil e à crise de representatividade.

“Quando eu era pequena, tinha medo do guarda que apitava na esquina para tomar conta dos carros nas madrugadas. Por que? Porque a polícia não era confiável. Eu não estou dizendo que ‘não temos instituições confiáveis e que a polícia não é confiável’. Não é isso. O que eu estou dizendo é que a sensação é de insegurança. Essa derrubada de uma presidente eleita foi constrangedora. Essa sensação de que o parlamento não respeita o desejo do povo, que estão lutando por interesses próprios… essa é a sensação que eu tenho, uma sensação de fragilidade. Eu acho que é por termos descobertos tantos corruptos”, discursou.




Notícias Relacionadas