Empresário defende músico do Karametade em caso de agressão

Paulo César Serra, o PC, empresário de Tody Cantuária, saiu em defesa do músico do Karametade, após o pagodeiro ser apontado como principal suspeito pela morte do turista argentino Matias Carena, no último fim de semana.

VOCÊ VIU? Músico do Karametade é suspeito pela morte de argentino

Bruna e Neymar curtem show após vitória do Brasil

Larissa Manoela substitui ex por Justin Bieber em foto

Justin Bieber quer conhecer Anitta em passagem pelo Brasil

“Ele é um cara do bem. Agressão não é o perfil dele”, disse ao jornal “O Dia”.

O profissional destacou ainda que Tody estava afastado do grupo desde novembro e não mora no Rio de Janeiro.

“A última vez que eu soube dele, Tody estava morando em Goiânia”, completou.

Ainda de acordo com a publicação, nesta quarta-feira (29), o Karametade se reunirá com a imprensa para falar sobre o caso polêmico e também sobre a volta de Vavá aos vocais do grupo.

Valterson Ferreira Cantuária foi apontado pela polícia como o responsável pela morte de Carena em uma briga em um bar no bairro de Ipanema, no Rio de Janeiro.

A Justiça deferiu o pedido de prisão temporária e o músico responderá por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar.

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE