Ex revela detalhes de processo contra Russomanno: “Pânico”

Flavia Feola alega que não recebeu nem férias, nem 13º salário em emissora

Por ,

Flavia Feola
Fonte: Instagram
Próxima audiência entre Flavia e Russomanno será na sexta-feira (25)

Flavia Feola está vivendo um pesadelo desde que resolveu processar Celso Russomanno por falta de pagamento de direitos trabalhistas. A ex-namorada do apresentador disse que seu emocional foi abalado depois de ser demitida da Rede Brasil – emissora da qual o político é sócio –, em janeiro de 2015.

VOCÊ VIU? Ex processa Celso Russomanno por direitos trabalhistas

"Quando entram os advogados de defesa, eu fico morrendo de medo. Quase sucumbo ali. Estou tomando remédio, tive parada cardíaca dois dias antes da primeira audiência [em 4/7/2015]. Tive um colapso nervoso. Nunca senti tanto pânico", revelou ao “Notícias da TV”.

A jornalista ressaltou ainda que, durante três anos à frente do programa “Circuito Society”, não recebeu direitos como 13º salário e férias, e não teve sua carteira registrada. Além disso, Flavia também atuava como diretora e produtora do canal, por um salário de R$ 2.200 que não era pago em dia.

"Me disseram: 'Para continuar com seu programa no ar, você terá que pagar R$ 15 mil'. Foi muito difícil. Me vi compelida a pedir demissão. Fui parar no hospital com 18 de pressão, fiquei louca. Fiquei muito mal, eles agiram de má fé mesmo", desabafou.

Por isso, a profissional decidiu entrar na Justiça contra Russomano, Marcos Tolentino (dono da Rede Brasil), o próprio canal e um escritório de advocacia. Ela espera receber uma indenização de R$ 2 milhões.

"Tenho uma matéria [guardada] sobre o primeiro dia do meu programa, em que ele [Russomanno] fala: ‘A Rede Brasil acerta em apostar em você, eu estou apostando em você'. [Na época da demissão] Falei: 'Celso, pelo amor de Deus, não faz isso comigo. Se você não me deixar com esse programa no ar, vou entrar com uma ação contra a Rede Brasil'. E ele me escreveu assim: 'Depois de tudo que eu fiz para você, você vai entrar com uma ação contra mim?'. Como ele fala que [o canal] não é dele? Celso tirou de mim o que mais amo fazer na minha vida", lamentou.

Russomanno, por sua vez, negou ter influenciado na demissão da jornalista. O político afirmou que foi presidente do conselho da Rede Brasil apenas no período em que estava sem mandato político. Contudo, desde quando foi eleito deputado federal, em 2014, não exerce mais o cargo.

A próxima audiência entre Flavia e Russomanno acontecerá na próxima sexta-feira (25).

Os dois tiveram um relacionamento amoroso nos anos 1990.