Ivete Sangalo sobre machismo: “Que homens estamos educando?”

Prestes a dar à luz gêmeas, Ivete Sangalo deixou claro não estar preocupada em como educar as filhas para viverem em uma sociedade machista. Para a famosa, o mais importante é educar o filho, Marcelo, de 8 anos, para não compactuar com as ideias e atitudes que de alguma forma agridam as mulheres.

VOCÊ VIU? Sheila Mello ‘volta’ ao É o Tchan: “Com muito orgulho”

Ex detona família de Gerson Brenner: “Falsos cuidadores”

Sabrina Sato posa de topless e faz promessa de Ano Novo

Aos 34 anos, ator de “Escrava Mãe” luta contra câncer

“A gente precisa cuidar é dos filhos homens. Porque a mulher sabe do seu poder. […] Que homens nós estamos educando para mudar essa ordem machista?”, disse ao jornal “O Globo”.

E destacou: “Eu tive uma mãe muito forte, muito empoderada. O empoderamento era no sentido de fazer não o que os outros esperavam que ela fizesse, mas ser o que ela queria. Era muito pragmática, prática na resolução dos problemas, uma líder. Eu peguei isso dela”.

Quanto aos direitos das mulheres em comparação com os tempos antigos, a artista avaliou: “Se você toma o exemplo do Império Romano, sim; mas, se toma o potencial que a civilização poderia ter hoje, estamos muito aquém”.

Sobre a atual gestação, aos 45 anos, Veveta afirmou acreditar que sua honestidade em relação ao tema pode ajudar outras pessoas: “Acho que é uma mensagem de otimismo para muitas mulheres”.

Já a respeito da diferença de comportamento das filhas em sua barriga, a baiana brincou: “Uma é uma lady, a outra é bem Ivete”.

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE