Justiça mantém investigação contra cunhado de Ana Hickmann

A Justiça de Minas Gerais determinou que dará prosseguimento ao processo movido contra Gustavo Henrique Bello Correa, cunhado da apresentadora Ana Hickmann, no caso de homicídio de Rodrigo Augusto de Pádua.

VOCÊ VIU? Filha de Flávia Alessandra é pedida em casamento no Marrocos

Galã dos anos 2000, Erik Marmo retorna à TV em trama das 18h

DJ de Valesca Popozuda é enterrado nesta segunda-feira (17)

Ex-BBB veta presença de Emilly e Mayla Araújo em festa

A defesa alegou que o empresário agiu em legítima defesa, mas a juíza Âmalin Aziz Sant’ana, responsável pelo processo, não aceitou os argumentos e seguirá com as investigações.

“Afasto, nesse momento, as alegações da Defesa, ratifico o recebimento da denúncia e dou prosseguimento ao feito”, dizia decisão publicada no Diário do Judiciário.

De acordo com o “Uol”, entretanto, as audiências do processo ainda não foram marcadas.

Entenda o caso

Em 21 de maio de 2016, Rodrigo de Pádua atentou contra a apresentadora do “Hoje em Dia”, da Record, no hotel na região sul de Belo Horizonte, e acabou sendo morto pelo cunhado da modelo.

Gustavo foi enquadrado pelo Ministério Público no Artigo 121 do Código Penal, que prevê reclusão de 12 a 30 anos por homicídio qualificado.

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE