Menor de idade confessa crime contra filha de Gagliasso

Nesta terça-feira (20), sete pessoas foram levadas à delegacia para prestar depoimento como parte da Operação Gagliasso, que investiga o caso de racismo envolvendo a filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, Titi.

Um dos suspeitos de envolvimento no caso é uma adolescente de 14 anos. De acordo com o “G1”, a garota confessou ser uma das autoras das ofensas à criança. A jovem disse que criou um perfil falso nas redes sociais, acreditando que ficaria impune.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro também cumpriu dois mandados de busca e apreensão em Guarulhos e um em Itaquaquecetuba, em São Paulo.

Durante a Operação, foram apreendidos alguns celulares com conteúdo suspeito.

Bruno Gagliasso compareceu à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), no Rio de Janeiro, no dia 16 de novembro. O ator registrou queixa após a filha, de 3 anos de idade, ser vítima de comentários racistas na web. “Vou lutar até o fim. Os culpados serão punidos. Estou aqui por Preta Gil, Taís Araújo, e todos que sofreram racismo”, afirmou ao “Ego”.

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE