• © Divulgação
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © Divulgação/João Mello/GShow
  • © Divulgação/TV Globo
  • © TV Globo
  • © Instagram
  • © Divulgação/João Mello/GShow

Ministério Público denuncia Laércio de Moura por tentativa de estupro

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) denunciou à Justiça Laércio de Moura, por crimes de estupro, fornecimento e tráfico de drogas.

VOCÊ VIU? Ex-BBB Laércio é transferido para cela com cinco presos

Caso a Justiça aceite a denúncia, o ex-participante do “Big Brother Brasil 16”, da TV Globo, poderá pegar até 68 anos de cadeia, segundo o jornal “Extra”.

A polícia encontrou novas provas que incriminam o tatuador em arquivos de seu computador, pen drives e celulares. O curitibano é acusado de estuprar uma mesma vítima duas vezes e tentar abusar sexualmente de outra garota.

Preso desde o dia 16 de maio, o ex-BBB deixou, na última terça-feira (14), a área de triagem da Casa de Custódia de Curitiba, no Paraná, e agora divide uma cela com outros cinco presos.

O tatuador passou três semanas e meia em período de adaptação antes de ser alojado em uma cela comum ao lado de outros homens acusados de estupro.

O advogado de Laércio, Ronaldo Manuel Santiago, disse que o processo de seu cliente segue normalmente e que seu Moura deve ficar preso até o fim das investigações.

Laércio negou ter cometido tais crimes, mas admitiu ter trocado mensagens com a adolescente em uma rede social, no ano de 2012, quando a menina tinha 13 anos de idade.




Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE