Motorista é condenado pela morte de Cristiano Araújo

Ronaldo Miranda foi condenado pelas mortes de Cristiano Araújo e Allana Moraes. O Motorista vai ter que cumprir 2 anos e 7 meses de prisão, pelo acidente de carro que aconteceu em junho de 2015.

VOCÊ VIU? Sem contrato, Emilly devolve duplex alugado e deixa RJ

Chega ao fim casamento de Diogo Nogueira, diz jornal

Autor mata personagens de “O Outro Lado” por ordem da Globo

Marilene Saade surpreende fãs ao postar foto nua; confira!

Na sentença da juíza Patrícia Machado Carrijo, que determina regime aberto por homicídio culposo, a magistrada substituiu a pena por prestação de serviços à comunidade e por prestação pecuniária de 10 salários mínimos, que serão doados a uma entidade ainda não definida.

O rapaz também terá que pagar R$ 25 mil como reparação aos danos causados aos sucessores de cada uma das vítimas.

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de Ronaldo foi suspensa por dois anos.

Para quem não lembra, Cristiano e Allana morreram em acidente na madrugada de 24 de junho de 2015, após um show. Além do casal, que seguiam no banco traseiro sem cinto de segurança, também estavam no veículo o motorista e o empresário Victor Leonardo, que ficaram feridos, mas deixaram o hospital dias depois.

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE