Músico do Karametade é suspeito pela morte de argentino

A polícia do Rio de Janeiro pediu a prisão preventiva de Tody Cantuária, músico do Karametade, pela morte do argentino Matias Carena, na madrugada do último domingo (26), em um bar no bairro de Ipanema, no Rio de Janeiro.

VOCÊ VIU? Bieber deixa mansão fedendo a maconha, diz jornal

Stênio Garcia tranquiliza fãs: “Logo estarei de volta”

Bruno Gagliasso ‘trolla’ esposa com farinha no secador

Tião fica de cama no fim de “A Lei do Amor”; saiba desfechos

Segundo o jornalista Léo Dias, do “Fofocalizando”, do SBT, o integrante do grupo de pagode é o principal suspeito de ter assassinado o turista de 28 anos de idade, durante uma briga no estabelecimento.

As autoridades que estão cuidando do caso afirmaram que uma das câmeras de vídeo da Rua Vinícius de Moraes registrou o momento em que o pagodeiro deu o soco no rapaz, que bateu a cabeça e não resistiu.

Júlio Cesar Oliveira Godinho e Pedro Henrique Marciano seriam os outros envolvidos na confusão.

Ainda de acordo com o jornalista, a briga aconteceu após o fim de uma festa fechada no bar. Um grupo de três argentinos e cinco brasileiros começaram a brigar na calçada em frente ao estabelecimento.

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE