Sandra de Sá e a esposa são processadas por aluguel atrasado

Sandra de Sá e a esposa, Simone Floresta, foram citadas em uma ação de despejo que corre na 5ª Vara Cível do Rio de Janeiro, por causa de uma dívida de R$ 18 mil em aluguéis atrasados.

VOCÊ VIU? Sonia Abrão ameaça a Record após demissão de Vida Vlatt

Comportamento de Perlla na “Fazenda” gera crise em seu casamento

Bruna Marquezine vira piada por erro ortográfico em tatuagem

Jatinho de Meghan Markle e Principe Harry é atingido por raio

A cantora mora com a compositora em um condomínio de Vargem Grande, Rio de Janeiro, e deixaram de pagar o valor porque reclamam das condições do imóvel que ocupam. Inclusive, já teriam negociado com o proprietário.

“Ela continuou pagando o aluguel, mas solicitou ao locador que fizesse esses reparos porque não estava em conformidade com o laudo de vistoria. Ele ficou de fazer os reparos, mas nunca colocou em prática”, disse a advogada da famosa, Karina Machado, ao “Uol”.

A representante do casal explicou ainda que existem danos na parte elétrica da casa e na sauna. Além disso, a água, distribuída por meio de poço artesiano, está imprópria para o uso – um laudo comprovou a alegação.

“Com essa ação, ela vai depositar os aluguéis em juízo e pleitear o ressarcimento de quanto já gastou”, adiantou Machado.

Ricardo Coulamy, advogado do locador do imóvel, garantiu que deseja negociar de maneira amigável e que os problemas apontados pelas locatárias não interferem “na inadimplência”.




Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE