Taxista revela dificuldades após acidente com Klebber Toledo

Barnabé Oliveira revelou que parou de trabalhar em setembro, quando se envolveu em um acidente de trânsito com Klebber Toledo no Rio de Janeiro. O taxista perdeu o carro que usava para trabalhar e agora acumula dívidas.

VOCÊ VIU? Fátima e novo namorado já tiveram ‘lua de mel’ na Europa

Namorado desconversa sobre Fátima: “Prefiro não falar”

Grávida, Patricia Abravanel cai ao vivo no palco do Teleton

Jacqueline Brazil estreia no “JN” e faz sucesso na web

“Na hora, chegaram dois amigos dele e o tiraram de lá. Nem o BRAT [Boletim de Registro de Acidentes de Trânsito] ele fez. Uma secretária dele pegou meu número e nunca me ligou”, disse o homem ao jornal “O Dia”.

Segundo o senhor, o famoso bateu na traseira de seu carro, que mudou de pista e teve perda total. Antes disso, o táxi ainda atingiu uma mulher, a doméstica Rosinéia Fernandes de Oliveira.

“Estou sem carro e, consequentemente, sem trabalhar desde o acidente. Não quero ter que ir à Justiça”, garantiu Oliveira. “Queria um acordo com Klebber para ressarcir o meu prejuízo.”

Em tempo: Vítima do acidente, Rosinéia Fernandes de Oliveira também acusou Klebber Toledo de “sumir” sem prestar auxílio. A doméstica, ao contrário do taxista, disse que o ator esperou a ambulância.

“A ambulância demorou 40 minutos para chegar. Klebber permaneceu comigo esse tempo todo, fez carinho na minha cabeça e disse que tudo ia ficar bem. Disse que ia pagar minha fisioterapia […]. Mas ele sumiu”, disse.

A assessoria de imprensa do noivo de Camila Queiroz negou que ele tenha sido o responsável pela colisão e o atropelamento da vítima, no dia 8 de setembro.

“Rose atravessava fora da faixa de pedestres no momento do acidente e foi atingida por um táxi. O carro do ator seguia em faixa paralela a do taxista e foi cortado por ele, colidindo em sua traseira em baixa velocidade”, explicaram.

E acrescentaram: “Klebber prestou socorro à vítima atingida pelo táxi e tentou tranquiliza-la até a chegada da emergência. O ator disponibilizou seus números de contato a todos os envolvidos e procurou o hospital para saber informações sobre o estado de saúde de Rose, já que o celular dela não funcionava”.

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE