Vera Holtz sobre casamento: “Não quero isso para mim”

Aos 64 anos, Vera Holtz declarou ser uma mulher muito bem resolvida e com pensamentos à frente de sua época. Prestes a estrear como a tradicional e moralista Ofélia em “Orgulho e Paixão” – trama que substituirá “Tempo de Amar” na faixa das 18h da TV Globo -, a atriz revelou nunca ter colocado o casamento entre os planos de sua vida.

VOCÊ VIU? Cleo exibe bumbum em lingerie cavada: “Pegando fogo”; veja!

Noiva defende Thammy Miranda: “Meu macho”

“BBB”: Patrícia sobre Gleici: “Parto a cara dela num soco”

Zezé di Camargo é ‘zoado’ após noiva postar foto do bumbum

Nunca usei meu imaginário para a criação desse tema. Acho que quem quer se casar é um máximo, mas desde os 12 anos sei que não quero isso para mim”, disse à revista “Quem”.

E relembrou: “Falei na época para a minha mãe que não era para ela esperar netos de mim. E olha que o meu enxoval já estava pronto. Naquela época, com seis anos a gente já aprendia a bordar e fazia o primeiro pano de prato”.

Aliás, sua nova personagem terá ideais bastante diferentes dos seus fora da ficcção. “A Ofélia é uma mãe que a grande crença é que as meninas têm que se casar. Elas foram preparadas para isso. Todas cozinham, bordam… Como ela não tem dote para deixar para as filhas de herança, ela prepara as meninas para o casamento“, adiantou.

Apesar disso, vale lembrar, Vera Holtz já foi casada com o escritor Caco Coelho, entre 1985 e 1992.

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE