Babá abre processo contra Mel B por difamação

Cantora acusou Lorraine Gilles de ter tido um caso com seu ex-marido

Por ,

Mel B
Fonte: Instagram

Mel B disse que Lorraine Gilles abortou bebê de seu então marido, Stephen Belafonte

Lorraine Gilles, ex-babá de Mel B, entrou na Justiça contra a cantora. A profissional alegou ter sido vítima de difamação no processo de divórcio da artista com Stephen Belafonte.

VOCÊ VIU? Pai de Cuba Gooding Jr. é encontrado morto em carro nos EUA

Erick Jacquin é chamado de "gordo folgado" em programa

Acidente aéreo de Huck e Angélica foi causado por pane seca

Após deixar UTI, Marilene Saade está "lúcida e falando"

Segundo o site "TMZ", em seu depoimento, a ex-Spice Girl disse que a empregada e seu ex-marido tiveram um caso dentro de sua própria casa, e que a moça chegou até a engravidar.

A famosa também assegurou que Lorraine abortou a criança.

Fora isso, a funcionária teria tido acesso aos vídeos íntimos da cantora e pedido dinheiro para não divulgá-los.

O caso

No começo de abril, Mel B resolveu tornar pública uma série de acusações feitas contra seu ex, o diretor de cinema Stephen Belafonte, na Justiça dos Estados Unidos. Segundo a ex-Spice Girl, seu ex-marido teria batido nela, engravidado a babá de suas filhas, forçado um aborto e a obrigado a participar de ménages.

Os encontros sexuais dos dois com outros casais seriam realizados mediante chantagem - o companheiro teria ameaçado divulgar as sex tapes protagonizadas pela cantora e gravadas por ele.

A famosa revelou ainda que foi violentada inúmeras vezes. Em uma delas, teria ficado queimada por causa do contato com o carpete de sua casa, por ter sido jogada no chão. Na ocasião, ela relatou ter sido forçada por Belafonte a escrever no Twitter que havia caído durante um passeio de patins.

No dia 13 de abril, a morena bloqueou o acesso do ex-marido a suas contas bancárias, além de conseguir uma ordem de restrição determinando que o ex-parceiro se mantivesse longe dela e de suas filhas.

Mel teria uma fortuna estimada em mais de R$ 157 milhões.