Buchecha diminui ritmo de shows devido a problema de saúde

Após ter sido diagnosticado com angina, Buchecha teve que fazer algumas mudanças em sua rotina. O cantor contou que alterou a dieta e que pretende diminuir o ritmo de apresentações.

VOCÊ VIU?  Bruno Chateaubriand pede namorado em casamento

Anitta causa alvoroço na web ao comentar foto de rapaz sem camisa

Emissora dará cruzeiro pelo Caribe com apresentadores do “Irmãos à Obra”

Viúva de Mr. Catra faz desabafo e se declara ao cantor na web

“Eu vinha dormindo muito tarde. Fazia até quatro shows em uma noite. Isso era ritmo de garoto. Naquela época, eu conseguia. Hoje, a idade chegou e tive consciência de que precisava mudar. Com 44 anos, não dá. Tive que diminuir a carga de show e fazer atividade física”, contou ao jornal “Extra”.

E continuou: “Meu médico pediu para eu me movimentar. Voltei a correr e estou dando uma malhada para amenizar os riscos”.

Em agosto deste ano, o artista foi atendido no Hospital Rio Mar, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Após sentir fortes dores no peito em um aeroporto da capital fluminense, o músico foi internado.

Vale destacar que angina de Prinzmetal é uma síndrome que costuma acometer o paciente que está em repouso e tem a dor similar a de um infarto.

  • © Instagram

    Antes da fama, Buchecha trabalhou como camelô, servente de obras e office boy. Integrou um grupo de pagode, até ser apresentado ao funk carioca pelo amigo de infância Claudinho. Os dois fizeram uma dupla de sucesso de 1992 até 2002, quando o parceiro do músico morreu em um acidente

  • © Instagram

    Antes da fama, Buchecha trabalhou como camelô, servente de obras e office boy. Integrou um grupo de pagode, até ser apresentado ao funk carioca pelo amigo de infância Claudinho. Os dois fizeram uma dupla de sucesso de 1992 até 2002, quando o parceiro do músico morreu em um acidente

  • © Instagram

    Antes da fama, Buchecha trabalhou como camelô, servente de obras e office boy. Integrou um grupo de pagode, até ser apresentado ao funk carioca pelo amigo de infância Claudinho. Os dois fizeram uma dupla de sucesso de 1992 até 2002, quando o parceiro do músico morreu em um acidente

  • © Instagram

    Antes da fama, Buchecha trabalhou como camelô, servente de obras e office boy. Integrou um grupo de pagode, até ser apresentado ao funk carioca pelo amigo de infância Claudinho. Os dois fizeram uma dupla de sucesso de 1992 até 2002, quando o parceiro do músico morreu em um acidente

  • © Instagram

    Antes da fama, Buchecha trabalhou como camelô, servente de obras e office boy. Integrou um grupo de pagode, até ser apresentado ao funk carioca pelo amigo de infância Claudinho. Os dois fizeram uma dupla de sucesso de 1992 até 2002, quando o parceiro do músico morreu em um acidente

  • © Instagram

    Antes da fama, Buchecha trabalhou como camelô, servente de obras e office boy. Integrou um grupo de pagode, até ser apresentado ao funk carioca pelo amigo de infância Claudinho. Os dois fizeram uma dupla de sucesso de 1992 até 2002, quando o parceiro do músico morreu em um acidente

  • © Instagram

    Antes da fama, Buchecha trabalhou como camelô, servente de obras e office boy. Integrou um grupo de pagode, até ser apresentado ao funk carioca pelo amigo de infância Claudinho. Os dois fizeram uma dupla de sucesso de 1992 até 2002, quando o parceiro do músico morreu em um acidente

  • © Instagram

    Antes da fama, Buchecha trabalhou como camelô, servente de obras e office boy. Integrou um grupo de pagode, até ser apresentado ao funk carioca pelo amigo de infância Claudinho. Os dois fizeram uma dupla de sucesso de 1992 até 2002, quando o parceiro do músico morreu em um acidente

  • © Instagram

    Antes da fama, Buchecha trabalhou como camelô, servente de obras e office boy. Integrou um grupo de pagode, até ser apresentado ao funk carioca pelo amigo de infância Claudinho. Os dois fizeram uma dupla de sucesso de 1992 até 2002, quando o parceiro do músico morreu em um acidente

  • © Instagram

    Antes da fama, Buchecha trabalhou como camelô, servente de obras e office boy. Integrou um grupo de pagode, até ser apresentado ao funk carioca pelo amigo de infância Claudinho. Os dois fizeram uma dupla de sucesso de 1992 até 2002, quando o parceiro do músico morreu em um acidente

  • © Instagram

    Antes da fama, Buchecha trabalhou como camelô, servente de obras e office boy. Integrou um grupo de pagode, até ser apresentado ao funk carioca pelo amigo de infância Claudinho. Os dois fizeram uma dupla de sucesso de 1992 até 2002, quando o parceiro do músico morreu em um acidente




Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE