© Instagram

Céline Dion é acusada de satanismo por linha de roupas infantis

Céline Dion foi acusada de satanismo pelo padre exorcista John Esseff, após o lançamento de sua linha de roupas infantis sem gênero, a “CELINUNUNU”. A cantora anunciou uma Nova Ordem Mundial no vídeo da campanha, o que deixou muitos eclesiastas preocupados.

VOCÊ VIU? Clauda Raia relembra casamento com Alexandre Frota: “Insano”

Record exclui Luiz Bacci e Fabíola Reipert de programa especial

Thalita Carauta assume relacionamento com mulher e revela filho adotivo

Palmirinha agita web ao posar como princesa da Disney; veja!

“Estou convencido de que a maneira como essa coisa de gênero se espalhou é demoníaca. Eu nem sei quantos gêneros devem existir agora, mas existem apenas dois que Deus criou. A dimensão demoníaca da criação de tal linha de roupas é muito profunda”, disparou o religioso.

E continuou: “O diabo está indo atrás das crianças e confundindo o gênero. Quando uma criança nasce, quais são as primeiras coisas que dizemos sobre essa criança? É um menino ou é uma menina. Essa é a coisa mais natural do mundo para dizer. Mas dizer que não há diferença é satânico. O diabo é um mentiroso e há enormes mentiras sendo contadas. Isso está sendo feito por dinheiro, e há marcas do diabo nisso. Essa [neutralidade de gênero] é uma manobra que ele tem. Ele está sendo impulsionado por uma agenda porque existe um espírito por trás disso”.

A famosa, por sua vez, declarou que sua intenção é promover uma conscientização de equidade entre os gêneros.

De acordo com o site da National Catholic Register, os membros da igreja católica apontaram um lado sombrio no anúncio feito pela dona do hit “My Heart Will Go On”. O vídeo da campanha mostra Céline entrando em uma maternidade em que todos os bebês estão vestidos com roupa azul e rosa, mas com um pó mágico ela transforma tudo em preto e branco, indicando que meninas e meninos podem usá-las.

A linha CELINUNUNU faz parte de uma parceria da artista com a marca NUNUNU WORLD.




Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE