Jack White lamenta caso de homofobia em show: “Estamos em 2018”

Jack White usou seu Instagram, nesta quarta-feira (7), para condenar um caso de homofobia que aconteceu durante seu show em Edmonton, no Canadá, no início do mês. O músico recebeu a denúncia de duas fãs que foram proibidas de se beijar durante a apresentação.

VOCÊ VIU? Após noitadas, ex de Anitta passa por cirurgia de emergência

Joelma sobre temperamento de Ximbinha: “Passei a temer pelos meus filhos”

Barraco! Candidata rouba a faixa de campeã do Miss Bumbum 2018

Deborah Secco diz quanto ganhou para cortar o cabelo em “Sol”

“Esta é uma das minhas fotos favoritas por causa de como a situação é bela: elas estão se escondendo à vista de todos. Estamos em 2018, e duas pessoas expressando afeto não deveriam ter que se esconder”, escreveu na legenda de um clique que mostra um casal lésbico durante um show dos Beatles.

E continuou: “A notícia de que duas mulheres foram impedidas de se beijar durante o meu show em Edmonton realmente me decepcionou. No show seguinte, em Calgary [também no Canadá], eu dediquei a música ‘Love Interruption’ [‘Interrupção do Amor’] para elas e encorajei todo mundo na plateia a beijar a pessoa amada”.

Jack, então, aproveitou para fazer um apelo. “Vamos promover o amor e a aceitação onde pudermos e sempre que pudermos.”




Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE