• © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Divulgação
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Snapchat
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Divulgação
  • © Record
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © Facebook
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © TV Globo
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © Facebook
  • © Facebook
  • © Divulgação
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © latino, rayanne morais, fazenda, record
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Instagram
  • © Divulgação/Record
  • © André Giorgi / Divulgação
  • © AgNews
  • © Divulgação/TV Globo
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © AgNews

Latino dá R$ 50 reais a criança na praia: “Dei exemplo”

Latino aproveitou uma folga, nesta quarta-feira (25), para curtir a tarde na praia da Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, e acabou envolvido em uma conversa com uma criança que vendia balas. Sensibilizado pela situação do garoto, o cantor o presentou com uma nota de R$ 50 reais.

VOCÊ VIU? Latino participará da cerimônia de posse de Trump

“Eu fiquei conversando com um menino de rua. Ele contando as histórias dele e eu contando as minhas. Contei que eu saí de casa, que fiquei na rua também. Com 12 anos de idade, eu também vendia sanduíche na praia”, lembrou ao “Ego”.

E continuou: “Ele não tem onde morar. Fiquei com vontade de levar ele pra casa, mas fiquei com pena de pedir isso para o pai dele. Vontade eu tive. Mas no fim eu o convidei para assistir meu show no sábado. Vai ser de graça e eu quero ele lá”.

Ainda sobre o encontro, o famoso revelou que entrou em contato com amigos porque o menino gosta de jogar futebol. “Vamos ver. Os caras vão saber se ele é talentoso ou não. Mas eu dei uma atenção porque ele está com 12 anos”, destacou.

“Dei exemplo a ele. Pra ele não cheirar, não usar droga, não roubar. Falei pra ele dos meus amigos de rua que eu perdi por conta de droga, de roubo. Ele acabou me fazendo companhia.”




Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE