• © Instagram
  • © Facebook
  • © Facebook
  • © Facebook
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Divulgação
  • © Instagram
  • © Twitter/Instagram
  • © TV Globo
  • © Divulgação/Gshow
  • © Instagram
  • © TV Globo
  • © Divulgação/NBC
  • © AgNews
  • © TV Globo
  • © Record
  • © TV Globo
  • © Record
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Instagram
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação/TV Globo

Mary Lambert revela que foi molestada pelo pai na infância

Mary Lambert revelou que foi abusada sexualmente por seu próprio pai na infância. Aos 28 anos, a cantora relembrou alguns traumas que terríveis que passou no passado.

VOCÊ VIU? Ana Maria Braga volta a ‘alfinetar’ Tais Araújo

Tais Araújo manda brigadeiros e Ana Maria dispensa

Após críticas, Sandra Annenberg manda recado sobre olheiras

Grávida, Yanna Lavigne passa o Dia das Mães com Gissoni

“Eu fui assediada pelo meu pai ainda muito nova. Na hora, você não sabe o que está acontecendo, especialmente porque era criada naquele ambiente”, contou ao “NY Daily News”.

A bela também abriu o jogo a respeito de outra situação delicada. “Quando eu tinha 16 anos, fui para um quartel do Exército e fui estuprada coletivamente. Você meio que entra em modo de sobrevivência. É como se encarasse: ‘Tudo bem, como posso navegar nesta situação?’.”

Após uma adolescência marcada por traumas, Mary chegou a tentar o suicídio, aos 18 anos: “Estou feliz por não ter morrido. Estou tão feliz porque estou viva e não cedi. Mas não foi fácil”.

Por meio da música, a artista acredita que pode auxiliar outras pessoas. “Há tantos de nós morrendo. Espero que, de alguma forma, eu possa ajudar. Tudo dá certo no fim. E, se não deu certo, não é o fim”.

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE