• © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo

Aguinaldo Silva diz sobre audiência de novelas: “Nunca mais marcarão 40 pontos”

Autor de clássicos como “Roque Santeiro”, “Vale Tudo” e “Senhora do Destino”, Aguinaldo Silva acredita que as novelas jamais baterão a casa dos 40 pontos de audiência novamente.

“Acho que nunca mais. A recordista deste milênio é ‘Senhora do Destino’, que teve média de 50,4 pontos no Ibope. ‘Império’, que fez um sucesso, deu 33,7 pontos de média. É uma diferença brutal”, disse ao jornal “Folha de S.Paulo”.

Ganhador do Emmy de Melhor Novela do mundo em 2015 com a saga do comendador José Alfredo (Alexandre Nero), o veterano ressaltou que o gênero está longe de se esgotar:

“A audiência está muito fracionada. Não existe mais aquela audiência que as novelas davam antigamente, mas a novela continua sendo a maior audiência da TV. Nada ameaça a novela. A tendência é ainda ser o principal produto da TV”.

Para o escritor, o problema encarado pela Globo no horário nobre se deve ao fato do público estar cansado de folhetins realistas com tramas centrais ambientadas em comunidades carentes.

“Porque ninguém aguenta mais favela. Essa coisa de vamos mostrar a vida como ela é, é para o jornalismo. A tarefa da novela é fazer o público sonhar.”

Contratado da emissora carioca até 2020, Silva confessou que gostou de ver a Record ameaçar o reinado do Projac com os “Os Dez Mandamentos” e analisou o sucesso da saga de Moisés no RecNov.

“É uma das maiores histórias de todos os tempos. É infalível, tem tudo ali. Tanto que fizeram vários filmes”, disse em referência à passagem da Bíblia.

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE