• © Divulgação/TV Globo

    Com uma carreira de quase 30 anos na TV, Adriana Esteve coleciona personagens memoráveis. Seu primeiro papel, por exemplo, ainda é lembrado por muitos.

    VOCÊ VIU? Chatos? Veja famosos considerados ‘difíceis’ em Hollywood

    Por onde andam? Veja como estão famosos da “Casa dos Artistas”

    Amor verdadeiro! Veja casamentos mais duradouros dos famosos

    Lembra deles? Veja 14 grupos musicais que ‘sumiram’

    Em 1989, a atriz ganhou a personagem Tininha, em “Top Model”, para a sua grande estreia em novelas da Globo. Desde então não parou mais de atuar.

    Atualmente na pele da vila Laureta, em “Segundo Sol”, a artista já contou muitas histórias nas telinhas. Relembre, a seguir, os trabalhos da famosa na Globo!

  • © Divulgação/TV Globo

    Adriana Esteves foi Patrícia em “Meu Bem, Meu Mal” (1990), da TV Globo. No enredo, a loira se apaixona por Ricardo (José Mayer)

  • © Divulgação/TV Globo

    Em 1992, Adriana Esteves conseguiu seu primeiro papel como protagonista. A atriz foi Marina em “Pedra Sobre Pedra”, da TV Globo

  • © Divulgação/TV Globo

    Mariana, de “Renascer” (1993), da TV Globo, foi um papel difícil para Adriana Esteves. Isso porque, na época, a atriz foi duramente criticada por sua atuação, o que lhe causou, inclusive, uma depressão

  • © Divulgação/TV Globo

    Adriana Esteves interpretou Lúcia Helena em “A Indomada” (1997), da TV Globo, uma moça que retorna à cidade natal para reativar uma usina de cana de açúcar. Na trama, a mocinha acaba em um relacionamento com Teobaldo (José Mayer)

  • © Divulgação/TV Globo

    Em 1998, Adriana Esteves interpretou Sandrinha em “Torre de Babel”, da TV Globo. O papel foi a primeira grande vilã da atriz

  • © Divulgação/TV Globo

    Adriana Esteves foi a protagonista Catarina em “O Cravo e a Rosa” (2000), da TV Globo. A personagem em questão tratava questões como empoderamento feminino no início do século XX

  • © Divulgação/TV Globo

    Amélia, mais conhecida como Amelinha, de “Coração de Estudante” (2002), da TV Globo, foi uma das antagonistas interpretadas por Adriana Esteves que ganhou o coração do público

  • © Divulgação/TV Globo

    Para quem não se lembra, Adriana Esteves interpretou Nazaré Tedesco na primeira fase de “Senhora do Destino” (2004), da TV Globo

  • © Divulgação/TV Globo

    Celinha, de “Toma Lá, Da Cá” (2007), da TV Globo, foi a aposta cômica de Adriana Esteves. A personagem ficou marcada por seu jeito escandaloso e, claro, seus famosos ataques de coração

  • © Divulgação/TV Globo

    Em 2010, Adriana Esteves protagonizou a minissérie “Dalva & Herivelto: Uma Canção de Amor”, da TV Globo. A atriz e Fábio Assunção (Herivelto) chegaram a ser indicados ao Emmy Internacional

  • © Divulgação/TV Globo

    Quem se lembra de Júlia em “Morde & Assopra” (2011), da TV Globo? Esse foi o papel de retorno às novelas de Adriana Esteves, que estava fora de folhetins por 5 anos

  • © Divulgação/TV Globo

    Carminha é, de fato, a personagem mais inesquecível de Adriana Esteves. A antagonista de “Avenida Brasil” (2012), da TV Globo, faz sucesso até hoje entre os fãs da atriz

  • © Divulgação/TV Globo

    Adriana Esteves foi bem aclamada após interpretar Fátima em “Justiça” (2016), da TV Globo. O papel na minissérie rendeu à atriz prêmios na televisão brasileira, além de ter sido indicada ao Emmy Internacional

  • © Divulgação/TV Globo

    O papel mais recente de Adriana Esteves na TV foi a antagonista Laureta, de “Segundo Sol” (2018), da TV Globo. A vilã fez sucesso e não hesitou nas maldades

Mocinha ou vilã? Relembre papéis marcantes de Adriana Esteves




Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE