Globo suspende William Waack após acusação de racismo

A Rede Globo decidiu suspender William Waack de suas funções dentro da emissora, na noite desta quarta-feira (8). A decisão do canal ocorreu após cair na rede um vídeo em que o âncora do “Jornal da Globo” foi flagrado usando uma frase supostamente racista instantes antes de ir ao ar.

VOCÊ VIU? Fátima e novo namorado já tiveram ‘lua de mel’ na Europa

Namorado desconversa sobre Fátima: “Prefiro não falar”

Grávida, Patricia Abravanel cai ao vivo no palco do Teleton

Jacqueline Brazil estreia no “JN” e faz sucesso na web

No comunicado emitido, a empresa garantiu: “A Globo é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações. Nenhuma circunstância pode servir de atenuante. Diante disso, a Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou hoje a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida”.

E explicou: “Nele [no vídeo], minutos antes de ir ao ar num ao vivo durante a cobertura das eleições americanas do ano passado, alguém na rua dispara a buzina e, Waack, contrariado, faz comentários, ao que tudo indica, de cunho racista”.

O profissional, por sua vez, garantiu não se recordar de seu comentário na ocasião: “Waack afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza, mas pede sinceras desculpas àqueles que se sentiram ultrajados pela situação”, concluiu a nota.

Para quem não sabe, nas imagens é possível ouvir uma buzina instantes antes do início da participação do âncora no noticiário. Irritado, o veterano disparou: “Está buzinando por que, seu mer%@ do cac#$&*? [..] Deve ser um… não vou nem falar, eu sei quem é…”. Em seguida, o jornalista parece dizer ao seu convidado: “Preto, né?”.

Assista ao vídeo e tire suas conclusões:

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE