Na web, diretor de “Paraíso” concorda com críticas à trama

Mauro Mendonça Filho – diretor de “O Outro Lado do Paraíso”, trama das 21h da TV Globo – usou seu Twitter para reconhecer falhas no enredo do folhetim, na última quinta-feira (8).

VOCÊ VIU? Neymar faz desabafo em foto de Bruna e ganha resposta genial

Na web, Susana Werner chora e detona Julio Cesar: “Egoísta”

Abuso no “Big Brother Brasil 18”: Está rolando ou não?

Autor mata personagens de “O Outro Lado” por ordem da Globo

Quando questionado por um seguidor a respeito da superação de Laura (Bella Fiero) em relação ao abuso sexual sofrido por seu padrasto, o profissional admitiu não concordar com a intervenção da advogada Adriana (Julia Davia), que também é “coach”. A abordagem, inclusive, foi bastante criticada por associações de psicólogos.

“Acho que faltou a Adriana chamar um psicólogo ao invés de ela fazer. Mas isso não tira o valor do que é mais importante: a denúncia da pedofilia”, escreveu.

Sobra a cura de Raquel (Erika Januza) – que foi atropelada criminosamente e ficou paraplégica -, Mauro não concordou a intervenção divina de Mercedes (Fernanda Montenegro), que é vidente.

Um seguidor escreveu que a cena foi emocionante, contudo, o diretor pontuou: “É… mas confesso que não concordo com a cena. Tenho uma filha cadeirante. Se tem alguém que sabe que não rola milagre sou eu”.

Mauro Mendonça Filho também recebeu alfinetadas acerca da abordagem da história da anã Estela (Juliana Caldas) e prontamente deu o seu parecer. “Ela é formada, morou fora, mas virou uma pobre coitada que depende de outra para falar por ela. Ela não teria força e poderia superar sem ser vitimizada?”, perguntou um seguidor. “Está todo mundo trabalhando para melhorar isso”, declarou o profissional.

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE