© Divulgação/TV Globo

Público critica excesso de suor de atores em “Velho Chico”, mas diretor afirma que não mudará característica

O público que acompanha “Velho Chico” – trama das 21h da TV Globo – tem se incomodado com o fato de os atores aparecerem muito suados em todas as cenas da novela. Prova disso são as reclamações dos telespectadores enviadas à Central de Atendimento ao Público da Globo (CAT), e por meio das redes sociais.

Veja também:

“Velho Chico”: Leonor cumpre promessa por casamento com Afrânio

“Rede Globo, amo meu Nordeste e estou adorando a novela. Só que dá agonia ver tanto suor e tanto cabelo despenteado”, postou uma internauta no Twitter. “Essa novela tem muita gente suada para a minha agonia com suor”, reclamou outra. “Nem nos livros de Gabriel García Márquez eu vi tanto suor”, brincou um terceiro seguidor.

Contudo, o diretor artístico Luiz Fernando Carvalho afirmou que a “desglamurização” – como define o profissional – faz parte da história, que é ambientada no Nordeste, e garantiu que será mantida na próxima fase do folhetim.

“O suor é um elemento dramático e geográfico! Ele contextualiza a região Nordeste. Trouxe este vocabulário também para os estúdios”, disse ao “Notícias da TV”.

Segundo ele, estão sendo usadas “substâncias naturais, águas termais e óleo” para substituir, nos estúdios, o suor natural produzido nas locações nordestinas para os próximos capítulos da novela, que terão Antônio Fagundes no lugar de Rodrigo Santoro e se passarão nos dias atuais.

“Apesar de na segunda fase haver cenários mais ricos, que possam ter ar condicionado, muitos não têm!”, explicou Carvalho.




Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE