Ricardo Macchi celebra 20 anos de “Explode Coração” e avisa: “Tenho orgulho do Cigano Igor”

Para relembrar os 20 anos da estreia de “Explode Coração” – primeira novela da TV Globo gravada no Projac, o “Vídeo Show” recebeu o ator Ricardo Macchi, protagonista da trama assinada por Glória Perez, na bancada da atração nesta segunda-feira (28).

Apesar das críticas relacionadas à sua atuação, o fortão ressaltou que não se envergonha do trabalho no projeto. “Meu personagem poderia ter morrido, ter partido no meio da novela, mas fiquei até o final. Tenho orgulho do cigano Igor”, disse em entrevista a Monica Iozzi e Marcelo Serrado.

Macchi reconheceu que seu desempenho não foi aquilo que é esperado de um protagonista de uma novela das 21h. No entanto, o ator lembrou que, naquela época, estreantes não contavam com a ajuda de um profissional para prepará-los para as cenas como ocorre atualmente.

“‘Explode Coração’ foi minha primeira novela. Estreie e consegui 63 pontos. Fiz todos os capítulos. Sou muito feliz. Não tinha obrigação de ganhar um Oscar. Naquele tempo, não tinha internet, TV a cabo, nem coach”, justificou.

O ex-modelo afirmou encarar de boa as brincadeiras em cima do personagem que ficou marcado como símbolo de má interpretação. “Não considero bullying. Vejo sempre pelo lado bom. Tive a honra de contracenar com Mario Lago, Paulo José e Stênio Garcia”, desconversou após assistir um vídeo de sua participação no “Tá no Ar” brincando com a situação.

Longe da TV desde então, Monica sugeriu que a direção do “Tomara que Caia” convidasse o rapaz para participar de um episódio do humorístico como Cigano Igor. “Ótimo. Eu ia adorar”, avisou.




Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE