Família de Hariany cobra Record após série de assédios em “A Fazenda”


© Record


Hariany Almeida vem enfrentando uma série de comentários desnecessários por parte de Phellipe Haagensen em “A Fazenda”, da Record. Em nota divulgada nesta quinta-feira (26), a família da loira cobrou explicações da produção.





VOCÊ VIU? Ex-segurança diz que colocava mulheres no quarto de Michael Jackson

Leão Lobo e Leo Dias se ‘estranham’ no “Fofocalizando”

E a Fontenelle? Eduardo Costa engata affair com outra loira

Filho diz que Zilu não o criou e dispara: “Só resta decepção”

Isso porque foi considerado assédio as declarações sexuais feitas pelo peão à modelo. “Esclarecemos que, nós da família, confiamos e acreditamos na postura da emissora para evitar qualquer tipo de constrangimento ou dano aos confinados”, disse a nota.

Os casos, que estão se estendendo desde a primeira semana, tomaram uma enorme proporção nas redes sociais e o público também mostrou incômodo. “Ressaltamos a nossa felicidade em perceber que certas atitudes não são mais toleradas na sociedade e não ficarão impunes. Todas as mulheres merecem respeito e igualdade”, acrescentou.

Durante o confinamento, na tentativa de chamar atenção e fazer “piada”, Phellipe chegou a falar que a famosa estava “se fingindo de pão para entrar na linguiça”. Obviamente, a declaração machista causou revolta nos telespectadores. A tag “Hariany Merece Respeito” chegou a ficar entre as mais comentadas do Twitter.