Record comunica Sabrina que demitiu funcionário racista


© RecordTV


A RecordTV resolveu mostrar seu posicionamento a Sabrina Paiva, nesta quarta-feira (6), após a moça ter sido alvo de ofensas racistas de um operador de câmera em “A Fazenda”, na última terça-feira (5).





VOCÊ VIU? Kim Kardashian ganha 8kg e confessa problemas com comida

Oi? Mulher de Carlos Alberto interdita banheiro de avião

Val Marchiori ironiza dívida de IPTU: “Só R$ 70 mil?”

Silvio compara Lívia à esposa: “A porcaria que tenho em casa”

A jovem, que é a Fazendeira da Semana, foi chamada à despensa para pegar o comunicado do canal.

“Um operador de câmera posicionado atrás do cenário fez um comentário racista a respeito da participante Sabrina Paiva. Imediatamente, a produção identificou o agressor e ele foi repreendido e teve o contrato de trabalho rompido”, dizia a nota.

E continuava: “A RecordTV repudia qualquer atitude de racismo, e explica que a participante Sabrina poderá fazer representação judicial por se tratar de caso de racismo. Não admitimos que algo dessa natureza aconteça em nossas produções”.



A ex-Miss São Paulo, por sua vez, se mostrou bastante aliviada: “Eu tinha certeza de que eu tinha ouvido. Que bom que isso aconteceu. Fico mais tranquila”.



Para quem não sabe, o então funcionário da emissora teve um áudio vazado em que dizia “macaca, senta aí”, ao ver Sabrina em pé na sala do confinamento. Na hora, a modelo entendeu o que havia sido dito e se mostrou chocada.