Famosos acusados de estupro/assédio sexual

  • José Luiz Datena é acusado de ter assediado Bruna Drews enquanto eles trabalhavam juntos na Band. De acordo com a denúncia protocolada no Ministério Público, a repórter diz que o apresentador, em uma festa, a chamou de “gostosa” e fez outros comentários de cunho sexual. Além disso, ela também se incomodava com a postura do âncora no ambiente de trabalho. O veterano nega e garante que sempre a elogiou de maneira pública. “Ela nunca reclamou, só me agradeceu por tratá-la bem”, garantiu ao “Notícias da TV”

  • Gerson de Souza está sendo acusado de ter assediado 12 mulheres na Record. Duas dessas vítimas decidiram ir à polícia e prestaram queixa. Segundo o “Notícias da TV”, as queixas são em relação ao comportamento do jornalista nos bastidores da emissora, roubando beijos e abordando colegas de trabalho com comentários inapropriados. A empresa afastou o jornalista e o caso está sendo investigado. O veterano nega todas as acusações e fala em “revanchismo”

  • José Mayer foi acusado de assediar sexualmente a figurinista Su Tonani nos bastidores de uma novela da Globo. Em um relato compartilhado pela internet em abril de 2017, a profissional detalhou que o ator colocou a mão em sua genitália. O caso virou polêmica e o veterano foi afastado da emissora. Depois de assumir o comportamento, ele pediu desculpas e acabou demitido da Vênus Platinada. Na época do escândalo, diversas famosas divulgaram o movimento “Mexeu Com Uma, Mexeu Com Todas”

  • Caio Blat foi acusado de ter assediado uma atriz de “O Sétimo Guardião”, novela da Globo. A emissora, assim que foi notificada sobre o caso, passou a apurar o assunto e acionou sua Ouvidoria. O famoso disse que foi surpreendido pela denúncia “mentirosa e anônima” que o deixou “indignado”. “Se algum colega ficou ofendido com qualquer atitude minha, que se identifique e me procure para que eu tenha ao menos a chance de me retratar”

  • Conhecido como Dr. Hollywood, Robert Rey foi denunciado à polícia por uma mulher de 19 anos que alega ter sido assediada sexualmente pelo médico. O caso teria acontecido em Lorena, interior de São Paulo, em 2018. No mesmo dia em que a polêmica veio à tona, um vídeo do cirurgião tentando beijar outra estudante viralizou. Ela, contudo, não quis registrar boletim de ocorrência

  • Biel foi acusado de assediar uma jornalista em 2016, durante uma entrevista, chamando-a de “gostosa” e dizendo que a “quebraria no meio”. Na época, o cantor chegou a ter shows cancelados e acabou gravando um pedido de desculpas. Fez uma pausa na carreira e se mudou para os Estados Unidos. Por lá, o famoso se casou com Duda Castro e a separação deles foi conturbada, com acusações de agressão. No ano passado, mais três mulheres revelaram casos de assédio por parte de Biel

  • No fim de 2018, a atriz Íris Bruzzi revelou ao canal de Antonia Fontenelle no YouTube que havia sido abusada sexualmente por Castrinho durante sua juventude. A ex-vedete disse que, enquanto estava hospedada em um hotel com o ator, que é seu amigo, acabou alcoolizada e soube no dia seguinte que havia sido violentada. O famoso negou a versão e disse que eles chegaram a namorar

  • João de Deus, que se apresenta como médium e já foi visitado por diversos famosos, está preso atualmente, após ter sido alvo de mais de 500 denúncias de estupro e outros tipos de abusos. Em depoimento à polícia, o veterano responsabilizou Deus pelas orientações passadas a ele por meio de espíritos

  • Tiririca foi acusado, em 2017, de ter assediado sexualmente sua ex-empregada doméstica. O caso teria ocorrido no ano anterior, durante uma viagem que ela fez com a família do famoso. O ator, por sua vez, negou qualquer tipo de violência contra a mulher e disse que estava sendo vítima de extorsão, já que a suposta vítima exigiu R$ 100 mil

  • Laércio de Moura integrou o elenco do “Big Brother Brasil 16”, da Globo, e foi eliminado em meio a acusações de que teria abusado sexualmente de uma menor de idade. O veterano foi preso e cumpre pena de 12 anos por estupro de vulnerável na Casa de Custódia de Curitiba, no Paraná

  • Vanderson Brito foi escolhido para o “Big Brother Brasil 19”, da Globo, mas acabou desclassificado por causa de três denúncias à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher em Rio Branco, Acre, por estupro, agressão física e importunação sexual. O biólogo negou as acusações e processo por estupro foi arquivado por ter sido feito mais de seis meses após o suposto ocorrido

  • No começo de 2018, Nick Carter foi processado pela ex-parceira, Melissa Schuman, acusado de tê-la estuprado. O cantor negou as acusações e garantiu que o relacionamento deles foi consensual durante todo o tempo. Em agosto do mesmo ano, o integrante do grupo Backstreet Boys foi acusado por outra mulher e o caso de assédio sexual está sendo investigado pela polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos

  • Considerado até recentemente como todo-poderoso de Hollywood, Harvey Weistein foi acusado por inúmeras mulheres de assédio sexual. A lista vai de Mira Sorvino e Ashley Judd, a Gwyneth Paltrow e Angelina Jolie. Apesar de ter negado todos os casos, a princípio, o veterano foi demitido de sua produtora e viu seu casamento com Georgina Chapman chegar ao fim. Rumores indicam que ele está atualmente internado para tratar seu comportamento

  • Dustin Hoffman foi acusado de assediar uma estagiária, Anna Graham Hunter, quando ela tinha 17 anos, em 1985. “Ele flertava comigo abertamente, apertava minha bunda, falava sobre sexo comigo e na minha frente. Numa manhã, fui até seu camarim para anotar o que ele queria no café da manhã. Ele olhou para mim e sorriu, tomando seu tempo. Então, ele disse: ‘Quero um ovo cozido… e um clítoris macio’. O grupo caiu na risada. Fui ao banheiro e chorei”, declarou a suposta vítima ao “Hollywood Reporter”

  • Atualmente no elenco de “Wisdon of the Crowd”, da CBS, Jeremy Pivel foi acusado pela modelo Ariane Bellmar de tê-la assediado nos bastidores de “Entourage”. “Hey, Jeremy Piven! Lembra quando você me encurralou em seu trailer no set de ‘Entourage’? Lembra de pegar meus seios sem perguntar?”, denunciou a loira no Twitter. O ator negou a cena e apoiou mulheres que têm coragem de abrir o jogo sobre casos de assédio

  • E por falar na família, Casey Affleck virou assunto durante a temporada de premiações deste ano. Isso porque o ator é acusado desde 2010 de ter assediado duas mulheres nos bastidores de “Eu Ainda Estou Aqui”. Vencedor do Oscar de Melhor Ator por “Manchester à Beira-Mar”, o famoso virou alvo de protestos

  • Steven Seagal foi acusado por Portia de Rossi de assédio. A atriz e esposa de Ellen DeGeneres disse que ele tentou abrir a calça em um teste para um filme. Julianna Margulies, estrela de “The Good Wife” também relatou que foi recebida pelo ator para um teste com uma arma

  • Louis C.K foi acusado por cinco mulheres de assédio e acabou perdendo seu relacionamento com o canal HBO. A rede retirou os projetos com o nome do comediante do ar e não vai mais firmar parceria com ele

  • A atriz Heather Lind revelou ao mundo que foi vítima de assédio, mas seu agressor não era do meio artístico. Em 2014, a famosa foi apalpada por George H. W. Bush, ex-presidente dos Estados Unidos. O político pediu desculpas por sua “tentativa de humor” ter ofendido Lind

  • Intérprete do vilão T-Bag em “Prision Break”, Robert Knepper teria assediado sexualmente a figurinista Susan Bertram quando trabalharam juntos em “Sonhos Femininos”, em 1992. No relato da suposta vítima, ela detalha que a agressão foi tão violenta, que sua calcinha foi rasgada e seu corpo sangrou

  • Jamie Foxx ©

    Jamie Foxx foi denunciado à polícia dos Estados Unidos por conduta sexual inadequada, por supostamente ter utilizado o pênis para bater no rosto de uma mulher em 2000. Em meados do ano passado, as investigações prescreveram e o processo encerrado

  • Bill Cosby causou polêmica ao se tornar alvo de um verdadeiro escândalo em Hollywood, envolvendo cerca de 60 denúncias de assédio sexual, registradas por diferentes mulheres ao longo de 50 anos. Em 2018, o veterano foi condenado em três destes casos. O humorista nega qualquer tipo de violência contra as vítimas

  • Morgan Freeman foi acusado de assédio sexual por oito mulheres em maio de 2018, e os detalhes dos casos foram gravados para um especial da CNN. O ator negou que tenha sido desrespeitoso e pediu desculpas a qualquer pessoa que tenha se sentido desconfortável com seu comportamento

  • Mel Gibson coleciona polêmicas e, além de ter sido acusado de agredir uma ex-esposa, também já foi denunciado por assédio e abuso sexual

  • Nelly já foi acusado de ter estuprado uma mulher e, no ano passado, se tornou alvo de outras duas investigações da mesma natureza

  • Chris Brown foi preso na França, no início deste ano, após ter sido acusado de estuprar uma mulher de 24 anos em um hotel de Paris. O cantor negou o caso e disse que iria processar a autora da denúncia por calúnia