Paula é a 19ª vencedora do “BBB”; relembre todos os campeões


  • © Instagram

    O “Big Brother Brasil 19”, da TV Globo, chegou ao fim nesta sexta-feira (12) e consagrou Paula Von Sterling como a nova milionária do pedaço.

    VOCÊ VIU? Pai de Hariany detona Globo após expulsão da filha: “Lixo”

    Filho de Luana Piovani sofre acidente em brinquedo

    No “Encontro”, Guta Stresser revela que padrasto foi assassinado

    Mileide Mihaile é flagrada em clima de romance com cantor

    A loira faturou nada menos que R$ 1,5 milhão com a primeira colocação no reality show.

    A bacharel em Direito, porém, não foi a única a ter a vida completamente transformada pelo programa. Confira, nas páginas a seguir, os campeões de todas as edições do “BBB”!

  • © TV Globo

    BBB1 – Kléber Bambam

    Kléber Bambar se tornou o primeiro campeão do “Big Brother Brasil”, da Globo, em 2002, e ficou com o prêmio de R$ 500 mil. Com o dinheiro, comprou dois apartamentos e conseguiu multiplicar os rendimentos. Atualmente investe na carreira de fisiculturista. Chegou também a participar de programas de humor, como “Turma do Didi” e “Zorra Total”, além de ter posado para a revista “G Magazine”, em 2007

  • © TV Globo

    BBB 2 – Rodrigo Cowboy

    O vencedor da segunda edição do “BBB” nasceu no interior de São Paulo e sempre trabalhou em fazenda, por isso ganhou o apelido de Cowboy no programa. Investiu os R$ 500 mil do prêmio em imóveis. Assim que saiu da casa namorou com Thaís – que também participou desta edição do programa -, mas a relação não durou. Apresentou o programa chamado “Comando Sertanejo”, mas decidiu ficar longe dos holofotes

  • © TV Globo

    BBB 3 – Dhomini Ferreira

    Dhomini era assessor parlamentar antes de se tornar campeão do “Big Brother Brasil 3”. Durante a atração, viveu um relacionamento com a então desconhecida Sabrina Sato. Chegou a voltar para o “BBB 13”, mas saiu com rejeição após contar a história de maus-tratos contra um cachorro. Atualmente casado e com cinco filhos, o veterano trabalha com vendas e promove palestras. Ele gastou todo o dinheiro com terrenos e imóveis e conseguiu multiplicar o patrimônio

  • © TV Globo

    BBB 4 – Cida dos Santos

    A ex-babá Cida conquistou, em 2004, o título de primeira mulher a vencer o “Big Brother Brasil”. Com o dinheiro do prêmio, ela cuidou do visual e comprou uma casa em Mangaratiba, na zona litorânea do Rio. Depois de ganhar o “BBB”, a carioca só voltou a ser notícia em 2007, nas páginas policiais, ao ser agredida pelo marido, um policial militar, na frente do filho. Detalhe: eles se conheceram quando ele ainda era o segurança particular dela. A moça até tentou empreender, mas não teve muito sucesso e acabou fechando o bazar que mantinha em sua cidade

  • © TV Globo

    BBB 5 – Jean Wyllys

    Jean Wyllys venceu o “Big Brother Brasil 5” no ano em que a produção decidiu aumentar o prêmio para R$ 1 milhão. O famoso utilizou o dinheiro para ajudar seus familiares e chegou a trabalhar no “Mais Você”, da Globo, como repórter. Escreveu um livro sobre o programa, atuou na área cultural, voltou a dar aulas em universidades e foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro. Atualmente segue na carreira política

  • © TV Globo

    BBB 6 – Mara Viana

    A ex-auxiliar de enfermagem Mara Viana soube bem o que fazer com o dinheiro do prêmio do “BBB 6”: ajudou os irmãos e ainda realizou o sonho de pagar o tratamento da filha, que tem paralisia cerebral. A veterana também montou uma escola e investiu em aluguéis de imóveis construídos por ela em Porto Seguro, na Bahia

  • © TV Globo

    BBB 7 – Diego “Alemão”

    Diego Alemão foi a grande atração da sétima edição do “Big Brother Brasil”, ao criar o primeiro triângulo amoroso do programa com Iris Stefanelli e Fani Pacheco. Com o prêmio, o administrador de empresas comprou um apartamento na Barra da Tijuca e um carro, e abriu uma empresa de produção artística. Em 2010, ele comandou as edições do “Aquecimento BBB” e do “A Eliminação”, mas acabou sendo substituído por Priscila Pires após uma discussão com a ex-participante Elenita em uma das gravações. Depois disso, Alemão assumiu o comando do boletim Hipertensão, em 2011. Espetacular”. Atualmente investe na área de construção civil e ainda faz presença VIP em eventos

  • © TV Globo

    BBB 8 – Rafinha

    Rafinha teve uma final disputada com Gyselle Soares e venceu com 50,15% dos votos. O rapaz utilizou o prêmio de R$ 1 milhão para investir em imóveis e um estúdio de tatuagem em Campinas, interior de São Paulo. Depois, ainda montou um estúdio de música, que é alugado para profissionais ensaiarem

  • © TV Globo

    BBB 9 – Max Porto

    Considerado o mais racional e estrategista do jogo, Max ganhou o “BBB” por uma diferença de apenas 24 décimos para a segunda colocada, Priscila Pires. Sem revelar o destino de sua fortuna, o artista plástico continua investindo em seu trabalho, se envolvendo também na parte administrativa de seu negócio. Depois de se relacionar com Francine no programa, Max assumiu um relacionamento com a modelo Karoline Pinheiro, com quem teve uma filha, Luna

  • © TV Globo

    BBB 10 – Marcelo Dourado

    Marcelo Dourado é o vencedor mais polêmico de todas as edições. Depois de passar pelo “BBB 4”, o lutador teve a oportunidade de reescrever sua história no programa. Soube usar a rejeição dos confinados na décima edição a seu favor e conquistou o público. Seu paredão com o maquiador e drag queen Dicésar bateu o recorde de votações da história do “Big Brother” no mundo: foram mais de 100 milhões de votos. Com 60% de aprovação do público, o fortão saiu da casa mais vigiada do Brasil como campeão. Depois de levar a bolada para casa, Dourado saiu dos holofotes. Discreto, revelou ao “Altas Horas” que utilizou boa parte do prêmio para investir na carreira de atleta, já que não tinha patrocínio

  • © TV Globo

    BBB 11 – Maria Melilo

    A terceira mulher a vencer o “Big Brother Brasil” conquistou o público por não ter medo e nem vergonha de mostrar seus sentimentos e desejos. Formou um triângulo amoroso com Mau Mau e Wesley. Depois de levar vários foras do músico carioca, Maria Melilo se dedicou à leitura de um livro de auto-ajuda e resolveu dar uma chance para o médico, com quem continuou namorando após o fim do programa, até agosto de 2011. Fora da casa, trabalhou como atriz na novela “Insensato Coração” e “Casseta e Planeta”. Também foi repórter do “TVFama”, da RedeTV!

  • © TV Globo

    BBB 12 – Fael

    O sul-mato-grossense Fael conquistou o carinho do público brasileiro e foi tido como um dos favoritos desde o início do “BBB 12”. Durante o jogo, não ficou em cima do muro – embora tivesse mantido um bom relacionamento com todos da casa. Pertencente ao grupo do Quarto Praia, ele era um dos caras que preservava a paz no confinamento. No quesito amoroso, o bonitão só se envolveu com Noemí, uma integrante do “BBB” espanhol que fez uma participação especial na edição brasileira. O rapaz levou o prêmio de R$ 1,5 milhão com 92% dos votos. Investiu tudo e hoje tem fazendas de criação de gado e plantação de soja. Também administra uma casa noturna em Mato Grosso do Sul

  • © TV Globo

    BBB 13 – Fernanda Keulla

    Fernanda Keulla foi a grande vencedora da 13ª edição do “BBB”, levando para casa R$ 1,5 milhão. A loira viveu um romance com André na casa e, aos poucos, se tornou a favorita do público. Discreta depois de sair do confinamento, a bela garantiu que o dinheiro permanece guardado – o pai administra o valor. Advogada por formação, ela está investindo na carreira de apresentadora e chegou a fazer parte da equipe do “Vídeo Show”

  • © TV Globo

    BBB 14 – Vanessa Mesquita

    Vanessa Mesquita foi a grande vencedora da 14ª edição do “BBB” e levou para casa R$ 1,5 milhão. Dentro do confinamento, a loira ganhou fama por protagonizar o primeiro casal lésbico da atração com Clara Aguillar. Após ganhar o reality, o relacionamento ainda durou mais alguns meses. Atualmente, Vanessa trabalha para atender animais abandonados e abriu uma clínica veterinária com o dinheiro que ganhou no reality

  • © TV Globo

    BBB 15 – César Lima

    César Lima foi o grande campeão da 15ª edição do “BBB”, da TV Globo. Com seu jeito humilde, o brother conquistou o público e levou para casa o prêmio de R$ 1,5 milhão. Investiu toda a grana e se lançou como cantor. Contudo, decidiu voltar à faculdade e, após terminar o curso de Direito, foi aprovado na OAB

  • © TV Globo

    BBB 16 – Munik Nunes

    Munik Nunes venceu o “Big Brother Brasil 16” e se tornou a participante mais jovem da história do reality a virar milionária – aos 19 anos. A goiana levou a melhor contra Maria Claudia e investiu todo o dinheiro. Passou a faturar com presença VIP e propagandas. Casou-se com Anderson Felício, com quem participou do “Power Couple Brasil”, da Record

  • © Instagram

    BBB 17 – Emilly Araújo

    Emily Araújo venceu o “BBB 17” após viver um relacionamento conturbado na casa com Marcos Harter – que resultou em denúncia e expulsão do médico do programa. A jovem chegou a morar um tempo no Rio de Janeiro, mas acabou voltando ao Sul do país. Atualmente investe em aulas de teatro e lucra com publicidade em rede social

  • © TV Globo

    BBB 18 – Gleici Damasceno

    Gleici Damasceno conquistou o público aos poucos e acabou se tornando a grande campeã do “Big Brother Brasil 18”, da Globo. Milionária, a acreana utilizou apenas parte do prêmio de R$ 1,5 milhão para comprar uma casa para a mãe e garante não ter mexido no restante ainda. Atualmente vive um relacionamento com Wagner Santiago, com quem começou a flertar ainda no confinamento