Babu Santana rebate alcunha de “vitimista”




Recordista de paredões na história do “Big Brother Brasil”, com dez indicações, Babu Santana deixou o reality show no último sábado (25) e se defendeu das acusações de “vitimismo”. O ator e cantou participou do programa “Encontro com Fátima Bernardes”, nesta segunda-feira (27), e revelou que estava depressivo no início do “BBB20”.

 

VOCÊ VIU? “A Morte Pode Esperar”: Trama das 19h pode ficar para 2021

Andressa Suita vende peças de luxo em bazar beneficente

Emicida detona Pugliese: “Atitude irresponsável”

Thaynara OG desabafa sobre morte de amiga por coronavírusa

“Quando eu entrei no ‘Big Brother’, eu estava muito depressivo. A crise me pegou de um jeito que há muito tempo eu não tinha visto tanto perrengue. Eu não estou nem aí se querem dizer que era vitimismo, era um fato da minha vida”, disse.

Babu também minimizou o peso das críticas em sua vida. O ator confidenciou que passava por dificuldades antes de ser convidado para participar do “BBB”.

“As críticas que não têm fundamento eu não dou importância. No ano passado, o nosso meio passou por um massacre. Para um país que já não investe em cultura, o ano passado foi terrível. No ano passado, eu trabalhei em janeiro e em setembro. E eu sou um cara que tem três filhos”, contou Babu.



Close sidebar