Haja barraco! Relembre as maiores ‘tretas’ do “Big Brother Brasil”


  • © TV Globo

    A casa mais vigiada do Brasil já foi cenário de diversas discussões entre os brothers, não é mesmo?

    LEIA TAMBÉM: Ingrid Guimarães faz revelação sobre Paulo Gustavo: “Ele estava paranoico”

    Repórter da CNN revela ter sido ameaçada por seguranças do governo

    Boninho se revolta com eliminação de Gil no BBB 21: “Indignado”

    Juliette alcança Grazi Massafera e conquista 23,3 milhões de seguidores

    Os participantes sempre acham um motivo: votação, eliminação, liderança, falta de respeito, sujeira dentro do confinamento ou apenas porque querem brigar.

    Pensando nisso, o Famosidades resolveu relembrar as maiores confusões de cada edição do reality. Não faltaram dedos na cara, palavrões e gritaria. Confira a seguir!

  • © TV Globo

    RETIRE-SE DA MESA

    Quem não se lembra das inúmeras brigas de Karol Conká com Lucas Penteado no “Big Brother Brasil 21”? A rapper, que saiu da casa com a maior rejeição da história do programa – 99,17% -, não poupou xingamentos ao rapaz. Em uma das discussões, Karol chegou a mandar o ator sair da cozinha enquanto ela comia. “Quero comer na paz do Senhor, entendeu? Não quero que você fale enquanto eu estou na mesa comendo. Obrigada, me respeita, valeu, não quero, não estou a fim”, disparou na ocasião. Já bastante desestabilizado dentro da casa, Lucas acabou não aguentando a pressão e desistindo do reality show

  • © GloboPlay

    QUEM VAI FICAR COM BILL?

    Com ciúme de Arcrebiano, com quem chegou a trocar beijos dentro do “Big Brother Brasil 21”, e Carla Diaz, Karol Conká também partiu para cima da atriz para tirar satisfação. Depois de saber que a loira havia comentado com algumas amigas dentro da casa sobre o incômodo da rapper em relação a ela, Karol explodiu: “Eu não sou da novela, eu não sou Chiquititas, tá ligado?”. A cantora ainda continuou, dizendo que Carla Diaz era sonsa, mentirosa e chegou até a apontar o dedo na cara da jovem: “Cala a boca e vai dormir”, disparou na ocasião

  • © TV Globo

    BASCULHO

    Gilberto e Pocah protagonizaram uma memorável briga no “Big Brother Brasil 21”. Depois do Jogo da Discórdia, a dupla se desentendeu e começou o maior barraco na área externa da casa. Trocando gritos e xingamentos, a discussão dos dois acabou se tornando emblemática após o economista chamar a cantora de “basculho” (resto de alguma coisa ou algo que é jogado fora) e ela não entender o que ele queria dizer

  • © TV Globo

    LEITE CONDENSADO DA DISCÓRDIA

    Na primeira edição do “BBB”, a comida era liberada pela produção do programa. Não tinha essa história de estalecas. Mesmo assim, a divisão dos mantimentos causou uma briga indigesta entre a funkeira Cris e o modelo Bruno. Tudo começou quando o brother foi comer um pedaço do bolo de banana feito por Leka no dia anterior. Só que o doce havia acabado. Chateado, o moreno reclamou com todo mundo e disse que ia pegar uma lata de leite condensado e fazer brigadeiro só para ele. Revoltada, a loira armou um barraco por conta da mesquinharia do colega de confinamento e não economizou nos xingamentos. A bagunça deu o que falar, a coisa esquentou e o clima dentro da casa ficou pesado

  • © TV Globo

    O PANELAÇO DE TINA

    Quem não se lembra da ex-integrante Tina? A ex-confinada ficou pouco tempo no jogo, mas foi o suficiente para nunca sumir das galerias de Memória BBB. Se sentindo rejeitada pelo grupo, a ex-jogadora de futebol ficou indignada por ter sido colocada no Paredão. Para se vingar, a loira decidiu acabar com o sossego da casa e armou uma estratégia para irritar os participantes. Durante a madrugada, Tina cantava músicas e fazia ‘panelaço’ para não deixar os outros moradores descansarem. Descontrolada com um sumiço de um boné, ela tirou todas as roupas dos rapazes da gaveta e jogou no chão. Em um dos momentos mais antológicos da atração, Fernando Fernandes pega as malas de Tina e joga tudo na piscina

  • © TV Globo

    A CONFUSÃO DO PAREDÃO

    Indicar alguém para o Paredão faz parte do jogo. Mesmo assim, a sensação de estar na berlinda não é nada agradável e faz os confinados perderem o juízo. Na terceira edição, Andréia não gostou nada de ser votada pelo Líder Dhomini. A moça surtou com o voto do goiano e foi tirar satisfação com ele ao final da edição ao vivo. A publicitária alegou que o assessor parlamentar havia dito que não votaria nela. “Eu disse que não queria votar em você e não que não votaria”, explicou Dhomini. O bate boca comeu solto e, depois do episódio, a harmonia dentro da casa nunca mais foi a mesma

  • © TV Globo

    AS VERDADES DA TEQUILA

    A quarta edição do programa começou com um embate entre Juliana e as outras meninas da casa. Mas nada se compara ao bate boca entre Marcela e Solange. Todo mundo sempre soube que as duas não se batiam, mas em prol de uma convivência forçada, a dupla tentava engolir uma a outra. A falsidade rolava solta até que chegou a festa mexicana. Algumas tequilas depois, a ‘Mamma’ e a frentista começaram uma das discussões mais pesadas de todas as edições. “Você tem peitos murchos, cabelo pixaim, uma bunda cheia de estrias e é burra como um cão”, disse Marcela. “Melhor ter bunda com estria do que bunda caída! E você pisa em todo mundo para chegar onde quer”, respondeu Solange. O nível da conversa foi tão baixo que seria impossível publicar o final desse diálogo

  • © TV Globo

    INACREDITÁVEIS X DEFENSORES

    A quinta edição do programa ficou marcada pelo embate entre dois grupos. Um liderado por Jean Willys e o outro comandado por Rogério Padovan. Discriminado por conta de sua orientação sexual, o baiano passou a ser perseguido pela galera do Doutor Gê. Os embates eram constantes e sempre terminavam na questão da homofobia. Enquanto a ‘turma do mal’ arquitetava várias maneiras de emparedar os grupo inimigo, a ‘turma do bem’ só pensava em se proteger dos ataques. Jean, Pink, Grazi e Sammy, com a ajuda do público, eliminaram um a um os brothers e sisters aliados ao médico. Faltando apenas uma semana para a final, o professor e a manicure tiveram uma discussão que resultou no fim da amizade entre eles

  • © TV Globo

    A GUERRA FRIA DO CORAÇÃO

    A sexta edição do programa foi tão morna que não houve nenhum grande barraco de fato. Os participantes não tinham coragem de falar na cara um do outro aquilo que realmente pensavam. A grande tensão do programa foi a lavação de roupa suja entre Daniel Saullo e Mariana Felício. Os dois se envolveram logo no começo da atração. Mas o bonitão não conseguiu resistir aos encantos da dançarina Roberta Brasil e decidiu colocar um ponto final em sua relação com a morena e se entregar ao desejo de ficar com a loira. Resultado: a pescadora teve que assistir ao clima de romance entre o ex e a colega de confinamento. Sem aguentar a pressão, ela se debulhou em lágrimas quando Saullo pediu para que Mari não ficasse magoada com ele. Sem levantar a voz, sem dizer nenhum palavrão, o ex-casal teve uma das discussões mais calminhas de todos os BBBs

  • © TV Globo

    A SUNGA BRANCA

    Uma das brigas mais antológicas de todas envolveu Diego Alemão e Aírton Cabral. Após encher a cara, o loiro decidiu ir dormir para evitar confusão. Mas a galera resolveu pregar uma peça no bonitão: foram até quarto acordá-lo e, na empolgação, tiraram a cueca do moço. Indignado com a falta de respeito dos brothers, Alemão foi tirar satisfação com a turma, culpou Carol pela brincadeira de mau gosto e chamou a sister de piranha. Aírton comprou a briga da amiga e deu início a uma das discussões mais acaloradas do programa. “Eu sou homem suficiente para apontar o dedo na cara e dizer: ‘acabou a palhaçada’”, disparou o paulista. Irritado, Aírton resolveu dizer tudo o que pensava sobre o confinado e jogou tudo no ventilador. “Deixa de ser cagão. Seja homem! Você trai os seus amigos, fala pra todo mundo que é irmão, anda de sunga branca, mostra a bunda em rede nacional e vem reclamar que te arrancaram a cueca?”, esbravejou. A briga quase resultou em agressão. “Não aguenta comigo. Se sair porrada, eu mato ele”, ameaçou o carioca

  • © TV Globo

    MARCELO E SEUS DOIS MINUTOS

    O participante Marcelo Arantes era psiquiatra. Fazendo valer o ditado que diz que em casa de ferreiro o espeto é de pau, o doutor enlouqueceu e brigou com quase todos os participantes da oitava edição. Marcelo quase apanhou de Fernando, insinuou que sua até então amiga Giselle se prostituía na França, mas nenhuma de suas falas recheadas de ironias causaram tanto efeito quanto as que ele direcionou a Thati Bione. Irritado com o jeito efusivo da sister, Marcelo falou algumas ‘verdades’ para a jovem que a fizeram chorar durante horas a fio. “Seu sorriso é falso, assim como seu choro. Ótima atriz”, diagnosticou. Ele ainda levantou a suspeita dentro da casa de que Thati seria homossexual. Disposta a tirar satisfações com o doutor, a estudante de jornalismo ouviu a frase que marcou o BBB 8: “Você tem dois minutos”

  • © TV Globo

    A BRIGA DO BANHEIRO

    Mayra Cardi entrou no jogo pela Casa de Vidro, instalada no jardim da mansão. Sua presença, desde o começo, não agradou alguns participantes. Mas quem explodiu mesmo foi Francine Piaia. A apresentadora foi alvo dos olhares de Flávio, o que despertou fúria em Fran. A gata achou que o amigo estava sendo enganado por Mayra. As duas começaram a se afastar e os olhares ficaram mais tensos. Primeiro, a ex-miss ABC Paulista discutiu com a jovem e a chamou de burra. Mas a coisa ficou feia mesmo depois que Mayra foi contar sua versão da história para Max. Descontrolada, Francine foi até o banheiro onde a apresentadora tomava banho e começou a gritar. “Olha aqui, sua cachorra. Eu falei para você não ir falar com ele! Você quer colocar todo mundo contra mim. E tem mais, burra aqui é você. Espera só pra ver”, ameaçou a professora. “Você é louca. Vai se tratar”, retrucou Mayra. Batendo no blindex, a namorada de Max disse que ia arrebentar a cara da modelo e teve que sair de lá carregada por Priscila

  • © TV Globo

    ESTÁ ME CHAMANDO DE GORDA?

    Uma confusão de peso tomou conta da casa na décima edição. Lia e Elenita passaram boa parte do programa se estranhando. O ápice das desavenças entre as duas ocorreu em uma discussão na beira da piscina. Depois de brigar com Elieser por ter trocado seu nome pelo da dançarina, Elenita desconfiou que Lia estivesse falando mal dela para os companheiros e foi tirar satisfação. Sem entender nada, a morena chamou a doutora em linguística de louca. Lena só perdeu o controle quando a rival disse que ela era complexada. “Complexada por quê? Está me chamando de gorda?”, perguntou. A partir daí, dezenas de xingamentos foram trocados entre a dupla

  • © TV Globo

    VOCÊ AMA TODO MUNDO

    Após assistir a uma sessão de cinema especial, Paula chamou Maurício para uma conversa particular e confessou ao carioca que sofreu muito com a primeira eliminação dele. Diogo, que estava de ouvido no que a sister estava dizendo, se irritou e resolveu bater boca com ela: “Você ama todo mundo”. A estudante se defendeu: “Você fala muito e não ouve ninguém”. A discussão entre Diogo e Paula não parou por aí. O baiano saiu de perto de Paula e desabafou com os outros brothers na casa: “Ela é muito cara de pau. O lugar dela não é aqui”. Não contente com a confusão que já tinha arrumado, Diogo retomou a discussão com Paula. Cansada, a moça disparou: “Você é um babaca, moleque”. No fim da madrugada, Diogo e Paula se aproximaram e os dois tentaram se entender. O baiano disse que fez errado ao xingar Paula e pediu desculpas. Após toda a discussão, Paula se deitou ao lado de Diogo para dormir, selando assim a paz

  • © TV Globo

    BRIGA POR CAUSA DE UMA MÚSICA

    Uma das maiores brigas e discussões que rolou no “BBB 12” foi durante uma festa. O casal Monique e Jonas quis fazer uma brincadeira com Yuri. Os pombinhos trocaram o estilo musical que estava tocando durante uma festa e o lutador de Muay Thai ficou nervoso por isso. Irritados, Yuri e Jonas bateram boca por um tempão. Monique se sentiu mal por conta da briga dos dois e resolveu ir para o Quarto Selva. Acontece que Yuri foi atrás da colega de confinamento e a expulsou do local, dizendo que ela não pertencia ao grupo. Após muita discussão, a morena foi dormir junto de Jonas no Quarto Praia

  • © TV Globo

    RIDÍCUUUULOOOO

    Definitivamente, a 13ª edição foi marcada por muitas brigas. Mas o desentendimento que teve mais repercussão foi entre Aline Mattos e Kléber Bambam. Durante o programa ao vivo, ao responderem uma pergunta de Pedro Bial, os confinados trocaram farpas. Mas nada superou o famoso “ridículo” (cheios de ‘us’ e ‘os’) da carioca. O xingamento virou meme, ganhou tumblr e tudo mais!

  • © TV Globo

    FOI ABUSO OU NÃO?

    Um dos barracos mais ‘inflamados’ foi entre Cássio e Marcelo. Ao ver as investidas do paranaense em Angela (que estava bêbada) durante uma festa, o gaúcho se irritou e xingou o brother. Para Cássio, Marcelo abusou da morena, que não tinha condições de se defender. O bonitão não deixou barato e quis até ir para cima do colega de confinamento. O barraco foi tão grande que Marcelo quebrou um pedaço da escada e Cássio deixou o box do banheiro do Quarto do Líder em pedacinhos

  • © TV Globo

    A COADJUVANTE, O GOSTOSÃO E O TOM DE VOZ

    Após voltar de seu primeiro Paredão, Fernando foi tirar onda com a cara de Amanda. Próximo à morena, Luan achou que o carioca estava mandando uma indireta para todo mundo que havia votado nele e foi tirar satisfação com o bonitão. A dupla iniciou um bate boca, se encarou e quase saiu no tapa quando o produtor cultural pediu para o rapaz parar de gritar. “Esse é o meu tom de voz”, disse aos berros. Com a recuada de Fernando, Luan encerrou a briga com uma alfinetada em Aline, namorada do fortão: “A coadjuvante só abre a boca no momento certo”

  • © TV Globo

    A JUSTICEIRA

    Quem não se lembra de Ana Paula Renault entrando no quarto e acordando Laércio, aos berros, reclamando do fato de o veterano estar dormindo apenas de samba-canção? “Vai se vestir, seu tarado”, gritou a loira. Depois, a jornalista disparou graves acusações ao brother. “Se parar o Laércio na minha frente, eu dou na cara dele. Ele é nojento de todos os jeitos. Homem asqueroso. Pedóf&$@ nojento”

  • © TV Globo

    RELAÇÃO DESTRUTIVA

    Emilly Araújo e Marcos Härter foram os protagonistas do maior barraco da 17ª edição do reality show global. Apesar de terem engatado um relacionamento amoroso, os dois viviam em pé de guerra. No entanto, as coisas passaram do limite e o médico acabou sendo expulso por agressão. O caso, inclusive, foi parar na Justiça

  • © GloboPlay

    Com problemas fora da casa, Rafa Kalimann e Bianca Andrade se estranharam desde o começo do “BBB 20”. Em uma das festas, então, Boca Rosa resolveu ir tirar satisfação sobre acontecimentos ‘externos’ e a confusão se armou. “Nem vem com essa, Bia. Você entrou para fazer isso”, reclamou Rafa. “Vai se f&$@3. Eu não entrei para isso”, rebateu Andrade, dando um empurrão na rival. Kalimann, então, reagiu: “Você está me empurrando? Você não entrou por causa de mim, não. Entrou por estratégia. Só que eu não caio nessa. Aqui é blindada. Tem ’n’ nomes que caíram, se decepcionaram, se arrependeram. Mas aqui é muito vivida”. As acusações levaram Bianca às lágrimas. Na ocasião, a moça chegou até a cogitar deixar o programa