Leifert perde comunicação no “BBB 19”, momentos antes da eliminação de Gabi


© TV Globo


Tiago Leifert foi prejudicado por uma falha de áudio, no “Big Brother Brasil 19”, da TV Globo, no último domingo (7). Momentos antes da eliminação de Gabi, o apresentador não conseguiu se comunicar com os brothers.





VOCÊ VIU? Demissões chegam ao programa da primeira-dama da RedeTV!

Filha de jornalista esportivo da Globo está grávida de sertanejo

Youtuber diz que foi estuprada por ex-BBB em navio

Andréia Horta engata romance com ator de “Malhação”

Na hora em que foi avisado pelos participantes de que era não era possível ouvir sua voz na sala do confinamento, o famoso chamou o intervalo comercial para que a produção do programa resolvesse o problema.

Vale lembrar que o contratempo ocorreu minutos antes da decisão do Paredão. Gabriela deixou a atração após receber 60,64% dos votos. A paulista foi eliminada após perder a disputa para Rízia, que se mantém na busca pelo prêmio de R$ 1,5 milhão.

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração