Mãe de Gilberto aprova Lucas Penteado como genro


© Instagram


Já não é novidade que Gilberto tem sido bem aceito pelo público do “BBB21”. Depois de protagonizar o primeiro beijo gay do programa com Lucas Penteado, o doutorando em Economia pode ficar tranquilo, pois também tem a benção da mãe, a Dona Jacira. Ela revelou que já havia notado o clima entre os dois antes mesmo da paquera começar.





VOCÊ VIU? MTV anuncia Acústico MTV: BTS

“Talvez eu tenha metido os pés pelas mãos”, diz Lucas Penteado

“Universal+” disponibiliza série “Lost” completa

Luciano Szafir apoia noivado de Sasha com João Figueiredo

“Eu já estava notando ali, desde quando ele começou a se aproximar de Lucas para conversar sobre o jogo. Lucas é inteligente e Gilberto gosta de pessoas assim. Ali percebi que tinha algo”, contou, em entrevista à “Quem”.

Sobre a escolha de Lucas como genro, Dona Jacira aprovou. “Isso não cabe a mim. Eles que têm que decidir, mas se o romance for para a frente vai ser ótimo. Quero o meu filho feliz. Vi o carinho dos dois. Gosto muito do Lucas. Vi que ele estava na Fátima. Queria eu poder falar com ele também! Adoro o Lucas”, afirmou.

Dona Jacira relembrou o sofrimento de Gilberto para entender a sua sexualidade e ficou apreensiva pelo o que Lucas estava sentindo dentro da casa.



“Eu como mãe, criei meus filhos praticamente sozinha. A gente percebia uma diferença e quando ele, ainda na adolescência, sentou para conversar comigo, não foi uma surpresa. Sempre apoiei meu filho. Mas ele foi criado na igreja, que é muito preconceituosa em relação a isso. Então, ele queria superar. Foi até para missão para ver se acabava com isso. A igreja ensina que isso passa, que é só uma provação, mas não passa, não. A pessoa nasce assim. Por isso, eu sempre falava: ‘Gilberto, vai atrás do que você gosta. Não tenha medo’. Sempre apoiei”, relembrou.



A mãe de Gilberto aproveitou sua experiência para deixar um recado aos demais pais que estão passando pela mesma situação. “Apoie o seu filho! O mundo pode estar contra o seu filho, mas uma mãe, não. Uma mãe de verdade não vai deixar o seu filho ser infeliz para fazer o gosto dela, vai? Tem que deixar o filho ser feliz! Se o filho tem esse apoio, ele vai longe. Mas se ele tem medo de ser quem ele é fica mais complicado.”