Após receber críticas, Preta Gil volta a se apresentar com body e pernas à mostra


  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews
  • © Raphael Castello/AgNews


Preta Gil não se importou nem um pouco com as críticas que recebeu recentemente, após se apresentar em um show com as pernas à mostra. Na noite da última sexta-feira (23), em São Paulo, a cantora comandou o Baile do Bloco da Preta e, mais uma vez, deixou o corpo em evidência com um figurino ousado no palco.





A artista apostou em um body colorido cheio de pedras, que deixou suas pernas em evidência. “Feliz e realizada. Obrigada a todos que lotaram de amor e carinho o show hoje aqui em São Paulo. Obrigada aos parceiros do Audio Club, obrigada ao DJ Zé Pedro por que entregar um público vibrando. Já quero mais!”, celebrou no Instagram, sem comentar o visual.

Polêmica

Preta Gil virou alvo de ataques na última quarta-feira (20), após se apresentar seu Bloco no Rio de Janeiro. Sobre o fato de seu visual ter virado assunto na web, a cantora confessou que ficou “desesperançosa”.



“Sou cercada por seres humanos lindos, mas fico chocada com as pessoas que usam as redes sociais para agredir o outro. Posso até achar que uma pessoa não está bem, que a roupa não ficou bonita, mas isso não me dá o direito de escrever em rede social. Fui educada assim, eduquei o meu filho assim, é uma questão de educação”, declarou ao “Ego”.



E acrescentou: “Eu posso, devo, coloquei e vou colocar aquele tipo de roupa quando eu quiser. Quem paga as minhas contas sou eu. Não preciso provar nada para ninguém. Tenho um marido que me ama do jeito que eu sou, e é com ele que pretendo ficar casada para o resto da vida. É isso que importa. Quem não gosta de mim tem o direito de desligar a televisão, de não querer me ver e ouvir”.