Com festival de musas, Gaviões faz desfile grandioso no Anhembi


  • © Marcos Ribas e Cláudio Augusto/Brazil News
  • © Marcos Ribas e Cláudio Augusto/Brazil News
  • © Marcos Ribas e Cláudio Augusto/Brazil News
  • © Marcos Ribas e Cláudio Augusto/Brazil News
  • © Marcos Ribas e Cláudio Augusto/Brazil News
  • © Marcos Ribas e Cláudio Augusto/Brazil News
  • © Marcos Ribas e Cláudio Augusto/Brazil News
  • © Marcos Ribas e Cláudio Augusto/Brazil News
  • © Marcos Ribas e Cláudio Augusto/Brazil News
  • © Marcos Ribas e Cláudio Augusto/Brazil News
  • © Marcos Ribas e Cláudio Augusto/Brazil News
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Manuela Scarpa e Amauri Nehn/Brazil News
  • © Manuela Scarpa e Amauri Nehn/Brazil News
  • © Manuela Scarpa e Amauri Nehn/Brazil News
  • © Manuela Scarpa e Amauri Nehn/Brazil News
  • © Manuela Scarpa e Amauri Nehn/Brazil News
  • © Manuela Scarpa e Amauri Nehn/Brazil News
  • © Manuela Scarpa e Amauri Nehn/Brazil News
  • © Manuela Scarpa e Amauri Nehn/Brazil News
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © Leo Franco / AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © AgNews
  • © Manuela Scarpa e Amauri Nehn/Brazil News


A Gaviões da Fiel deu conta do recado. Embalada pelo esquadrão de mulheres bonitas, a escola alvinegra fez um ótimo desfile já na manhã deste sábado (6) e mostra que brigará ao menos para voltar no Desfile das Campeãs do Carnaval paulista.





A agremiação da torcida corintiana falou sobre a origem da vida, abordando desde antes do surgimento do mundo, passando pelo fenômeno do Big Bang, a visão cristã para o planeta e as muitas lendas, como a vida fora da Terra. O enredo foi bem amarrado, amenizando o fato de o samba não ser dos melhores da história da escola.

Méritos para o competente carnavalesco Zilkson da Silva Reis, que caprichou nos detalhes e foi peça chave para o grandioso desfile da agremiação. O público, com muitos torcedores corintianos, se empolgou e cantou junto, fazendo bonitas coreografias.

No chão, ajudou a embalar a torcida o time de musas alvinegras. À frente da bateria, a eterna madrinha Sabrina Sato e a rainha Tati Minerato, que vestia uma fantasia provocante de R$ 80 mil, segundo ela. Ainda tinha espaço para sua irmã, a musa Ana Paula Minerato, e para a atriz Thaila Ayala, outra beldade sempre presente nos desfiles da Gaviões.



“Essa é uma história de amor bem antiga. Minha primeira camisa do Corinthians foi da Gaviões, que meu pai me deu. Acho que seremos campeões este ano”, disse Thaila Ayala.



PEGOU BEM
– As alegorias imponentes impressionaram, assim como o capricho nos adereços e nas fantasias. Ótima mistura de cores utilizadas.

– A harmonia, sempre um ponto forte da escola, novamente não deve ser problema no dia da apuração. Não faltou componente cantando o samba. A evolução também esteve correta, com a escola passando bem agrupada e sem correria.

PEGOU MAL

– O desfile merecia um samba-enredo à altura, e o quesito pode atrapalhar as pretensões da Gaviões. A letra não ajudou, apesar do empenho dos componentes em tentarem amenizar isso.

– A aposta em fantasias ousadas e luxuosas teve um lado negativo. Houve muito uso de led, e algumas fantasias não acenderam como era esperado. Sem falar que o fim do desfile foi com o dia amanhecendo, prejudicando o efeito.