Confira as rainhas de bateria do 2º dia de desfiles de SP


  • Lívia Andrade na Pérola Negra © Angelo Pastorello/Divulgação

    Neste sábado (22), acontece o segundo dia de desfiles do Grupo Especial das escolas de samba de São Paulo, no Sambódromo do Anhembi. Como na noite anterior, a passarela do samba estará repleta de belas rainhas de bateria. Conheça quem são elas! A primeira escola a entrar na avenida será a Pérola Negra. Samara Carneiro seria a rainha pelo segundo ano consecutivo, mas a escola acabou fechando com Lívia dias antes do Carnaval.

    VOCÊ VIU? De dominatrix, Solange Almeida agita Carnaval de Salvador

    Rainha de bateria da Rosas, Ana Godoi mostra make da avenida

    Ticiane Pinheiro renova o contrato com a Record

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    A Colorado Brás, segunda na ordem de desfile, terá a estreia de Camila Prins como madrinha LGBT. Na Gaviões da Fiel, nada de surpresas! Há 16 anos na escola, Sabrina Sato mantém o posto de rainha de bateria no desfile assinado pelo carnavalesco Paulo Barros. Aline Oliveira segue como rainha de bateria na Mocidade Alegre.

    Na sequência, a avenida será ocupada pelos componentes da Águia de Ouro. No entanto, Karoline Morais está fora após assumir o cargo de rainha de bateria da Mocidade Unida da Mooca, do Grupo de Acesso, e o posto será ocupado pelo trio de musas Domenica Anastácio, Marina Franco e Vanessa Alves.

    Em sexto lugar na ordem dos desfiles, a escola Unidos de Vila Maria segue com Savia David como rainha e Dani Bolina como madrinha, ambas na frente da bateria. Encerrando a última noite do Grupo Especial de São Paulo, a Rosas de Ouro não terá Ellen Rocche como rainha, após 12 anos. Ana Beatriz Godói assume o posto.

  • Camila Prins na Colorado do Brás © Instagram

    Neste sábado (22), acontece o segundo dia de desfiles do Grupo Especial das escolas de samba de São Paulo, no Sambódromo do Anhembi. Como na noite anterior, a passarela do samba estará repleta de belas rainhas de bateria. Conheça quem são elas! A primeira escola a entrar na avenida será a Pérola Negra. Samara Carneiro seria a rainha pelo segundo ano consecutivo, mas a escola acabou fechando com Lívia dias antes do Carnaval.

    VOCÊ VIU? De dominatrix, Solange Almeida agita Carnaval de Salvador

    Rainha de bateria da Rosas, Ana Godoi mostra make da avenida

    Ticiane Pinheiro renova o contrato com a Record

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    A Colorado Brás, segunda na ordem de desfile, terá a estreia de Camila Prins como madrinha LGBT. Na Gaviões da Fiel, nada de surpresas! Há 16 anos na escola, Sabrina Sato mantém o posto de rainha de bateria no desfile assinado pelo carnavalesco Paulo Barros. Aline Oliveira segue como rainha de bateria na Mocidade Alegre.

    Na sequência, a avenida será ocupada pelos componentes da Águia de Ouro. No entanto, Karoline Morais está fora após assumir o cargo de rainha de bateria da Mocidade Unida da Mooca, do Grupo de Acesso, e o posto será ocupado pelo trio de musas Domenica Anastácio, Marina Franco e Vanessa Alves.

    Em sexto lugar na ordem dos desfiles, a escola Unidos de Vila Maria segue com Savia David como rainha e Dani Bolina como madrinha, ambas na frente da bateria. Encerrando a última noite do Grupo Especial de São Paulo, a Rosas de Ouro não terá Ellen Rocche como rainha, após 12 anos. Ana Beatriz Godói assume o posto.

  • Sabrina Sato na Gaviões da Fiel © AgNews

    Neste sábado (22), acontece o segundo dia de desfiles do Grupo Especial das escolas de samba de São Paulo, no Sambódromo do Anhembi. Como na noite anterior, a passarela do samba estará repleta de belas rainhas de bateria. Conheça quem são elas! A primeira escola a entrar na avenida será a Pérola Negra. Samara Carneiro seria a rainha pelo segundo ano consecutivo, mas a escola acabou fechando com Lívia dias antes do Carnaval.

    VOCÊ VIU? De dominatrix, Solange Almeida agita Carnaval de Salvador

    Rainha de bateria da Rosas, Ana Godoi mostra make da avenida

    Ticiane Pinheiro renova o contrato com a Record

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    A Colorado Brás, segunda na ordem de desfile, terá a estreia de Camila Prins como madrinha LGBT. Na Gaviões da Fiel, nada de surpresas! Há 16 anos na escola, Sabrina Sato mantém o posto de rainha de bateria no desfile assinado pelo carnavalesco Paulo Barros. Aline Oliveira segue como rainha de bateria na Mocidade Alegre.

    Na sequência, a avenida será ocupada pelos componentes da Águia de Ouro. No entanto, Karoline Morais está fora após assumir o cargo de rainha de bateria da Mocidade Unida da Mooca, do Grupo de Acesso, e o posto será ocupado pelo trio de musas Domenica Anastácio, Marina Franco e Vanessa Alves.

    Em sexto lugar na ordem dos desfiles, a escola Unidos de Vila Maria segue com Savia David como rainha e Dani Bolina como madrinha, ambas na frente da bateria. Encerrando a última noite do Grupo Especial de São Paulo, a Rosas de Ouro não terá Ellen Rocche como rainha, após 12 anos. Ana Beatriz Godói assume o posto.

  • Aline Oliveira na Mocidade Alegre © Instagram

    Neste sábado (22), acontece o segundo dia de desfiles do Grupo Especial das escolas de samba de São Paulo, no Sambódromo do Anhembi. Como na noite anterior, a passarela do samba estará repleta de belas rainhas de bateria. Conheça quem são elas! A primeira escola a entrar na avenida será a Pérola Negra. Samara Carneiro seria a rainha pelo segundo ano consecutivo, mas a escola acabou fechando com Lívia dias antes do Carnaval.

    VOCÊ VIU? De dominatrix, Solange Almeida agita Carnaval de Salvador

    Rainha de bateria da Rosas, Ana Godoi mostra make da avenida

    Ticiane Pinheiro renova o contrato com a Record

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    A Colorado Brás, segunda na ordem de desfile, terá a estreia de Camila Prins como madrinha LGBT. Na Gaviões da Fiel, nada de surpresas! Há 16 anos na escola, Sabrina Sato mantém o posto de rainha de bateria no desfile assinado pelo carnavalesco Paulo Barros. Aline Oliveira segue como rainha de bateria na Mocidade Alegre.

    Na sequência, a avenida será ocupada pelos componentes da Águia de Ouro. No entanto, Karoline Morais está fora após assumir o cargo de rainha de bateria da Mocidade Unida da Mooca, do Grupo de Acesso, e o posto será ocupado pelo trio de musas Domenica Anastácio, Marina Franco e Vanessa Alves.

    Em sexto lugar na ordem dos desfiles, a escola Unidos de Vila Maria segue com Savia David como rainha e Dani Bolina como madrinha, ambas na frente da bateria. Encerrando a última noite do Grupo Especial de São Paulo, a Rosas de Ouro não terá Ellen Rocche como rainha, após 12 anos. Ana Beatriz Godói assume o posto.

  • Vanessa Alves na Águia de Ouro © AgNews

    Neste sábado (22), acontece o segundo dia de desfiles do Grupo Especial das escolas de samba de São Paulo, no Sambódromo do Anhembi. Como na noite anterior, a passarela do samba estará repleta de belas rainhas de bateria. Conheça quem são elas! A primeira escola a entrar na avenida será a Pérola Negra. Samara Carneiro seria a rainha pelo segundo ano consecutivo, mas a escola acabou fechando com Lívia dias antes do Carnaval.

    VOCÊ VIU? De dominatrix, Solange Almeida agita Carnaval de Salvador

    Rainha de bateria da Rosas, Ana Godoi mostra make da avenida

    Ticiane Pinheiro renova o contrato com a Record

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    A Colorado Brás, segunda na ordem de desfile, terá a estreia de Camila Prins como madrinha LGBT. Na Gaviões da Fiel, nada de surpresas! Há 16 anos na escola, Sabrina Sato mantém o posto de rainha de bateria no desfile assinado pelo carnavalesco Paulo Barros. Aline Oliveira segue como rainha de bateria na Mocidade Alegre.

    Na sequência, a avenida será ocupada pelos componentes da Águia de Ouro. No entanto, Karoline Morais está fora após assumir o cargo de rainha de bateria da Mocidade Unida da Mooca, do Grupo de Acesso, e o posto será ocupado pelo trio de musas Domenica Anastácio, Marina Franco e Vanessa Alves.

    Em sexto lugar na ordem dos desfiles, a escola Unidos de Vila Maria segue com Savia David como rainha e Dani Bolina como madrinha, ambas na frente da bateria. Encerrando a última noite do Grupo Especial de São Paulo, a Rosas de Ouro não terá Ellen Rocche como rainha, após 12 anos. Ana Beatriz Godói assume o posto.

  • Savia David na Unidos de Vila Maria © AgNews

    Neste sábado (22), acontece o segundo dia de desfiles do Grupo Especial das escolas de samba de São Paulo, no Sambódromo do Anhembi. Como na noite anterior, a passarela do samba estará repleta de belas rainhas de bateria. Conheça quem são elas! A primeira escola a entrar na avenida será a Pérola Negra. Samara Carneiro seria a rainha pelo segundo ano consecutivo, mas a escola acabou fechando com Lívia dias antes do Carnaval.

    VOCÊ VIU? De dominatrix, Solange Almeida agita Carnaval de Salvador

    Rainha de bateria da Rosas, Ana Godoi mostra make da avenida

    Ticiane Pinheiro renova o contrato com a Record

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    A Colorado Brás, segunda na ordem de desfile, terá a estreia de Camila Prins como madrinha LGBT. Na Gaviões da Fiel, nada de surpresas! Há 16 anos na escola, Sabrina Sato mantém o posto de rainha de bateria no desfile assinado pelo carnavalesco Paulo Barros. Aline Oliveira segue como rainha de bateria na Mocidade Alegre.

    Na sequência, a avenida será ocupada pelos componentes da Águia de Ouro. No entanto, Karoline Morais está fora após assumir o cargo de rainha de bateria da Mocidade Unida da Mooca, do Grupo de Acesso, e o posto será ocupado pelo trio de musas Domenica Anastácio, Marina Franco e Vanessa Alves.

    Em sexto lugar na ordem dos desfiles, a escola Unidos de Vila Maria segue com Savia David como rainha e Dani Bolina como madrinha, ambas na frente da bateria. Encerrando a última noite do Grupo Especial de São Paulo, a Rosas de Ouro não terá Ellen Rocche como rainha, após 12 anos. Ana Beatriz Godói assume o posto.

  • Ana Beatriz Godoi na Rosas de Ouro © Instagram

    Neste sábado (22), acontece o segundo dia de desfiles do Grupo Especial das escolas de samba de São Paulo, no Sambódromo do Anhembi. Como na noite anterior, a passarela do samba estará repleta de belas rainhas de bateria. Conheça quem são elas! A primeira escola a entrar na avenida será a Pérola Negra. Samara Carneiro seria a rainha pelo segundo ano consecutivo, mas a escola acabou fechando com Lívia dias antes do Carnaval.

    VOCÊ VIU? De dominatrix, Solange Almeida agita Carnaval de Salvador

    Rainha de bateria da Rosas, Ana Godoi mostra make da avenida

    Ticiane Pinheiro renova o contrato com a Record

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    A Colorado Brás, segunda na ordem de desfile, terá a estreia de Camila Prins como madrinha LGBT. Na Gaviões da Fiel, nada de surpresas! Há 16 anos na escola, Sabrina Sato mantém o posto de rainha de bateria no desfile assinado pelo carnavalesco Paulo Barros. Aline Oliveira segue como rainha de bateria na Mocidade Alegre.

    Na sequência, a avenida será ocupada pelos componentes da Águia de Ouro. No entanto, Karoline Morais está fora após assumir o cargo de rainha de bateria da Mocidade Unida da Mooca, do Grupo de Acesso, e o posto será ocupado pelo trio de musas Domenica Anastácio, Marina Franco e Vanessa Alves.

    Em sexto lugar na ordem dos desfiles, a escola Unidos de Vila Maria segue com Savia David como rainha e Dani Bolina como madrinha, ambas na frente da bateria. Encerrando a última noite do Grupo Especial de São Paulo, a Rosas de Ouro não terá Ellen Rocche como rainha, após 12 anos. Ana Beatriz Godói assume o posto.