Fique por dentro da primeira noite de desfiles do RJ


  • Estácio de Sá © Marcio Cassol/Famosidades

    Neste domingo (23), acontece a primeira noite de desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Serão 13 escolas de samba no total, divididas entre domingo e segunda-feira (24). Confira qual a ordem dos desfiles na Marquês de Sapucaí desta noite e os sambas-enredos de todas elas.

    VOCÊ VIU? Dilsinho agita camarote com famosos no Anhembi

    Saulo recebe Thiago Abravanel e abre o dia em Campo Grande

    Vestida de Cavalo Marinho, Anitta se apresenta em Olinda

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    Campeã da Série A em 2019, a Estácio de Sá será a primeira a desfilar. Seu enredo “Pedra” vai falar da beleza sólida do material que é a base do Planeta Terra. A Unidos do Viradouro entrará na avenida em segundo lugar e contará a história, cultura e tradição do grupo musical Ganhadeiras de Itapuã, que surgiu dos cantos, danças e crenças das lavadeiras do litoral baiano.

    Atual campeã, a Estação Primeira de Mangueira será a terceira escola a entrar na avenida e promete fazer um desfile de reflexão. Com o enredo “A verdade vos fará livre”, Leandro Vieira vai tratar da volta de Jesus Cristo à Terra. Paraíso de Tuiuti será a quarta escola deste domingo, e contará o encontro entre São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro, e Sebastião I, jovem monarca português.

    A Acadêmicos do Grande Rio terá a estreia dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora no Grupo Especial e terão o enredo baseado na história do baiano Joãozinho da Gomeia. A União da Ilha do Governador será a penúltima escola a entrar na Sapucaí, com o enredo “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”. Aliás, carnavalescos que fizeram fama na Beija-Flor, como Fran-Sérgio e Laíla, agora defendem a Tricolor Insulana.

    Para encerrar a primeira noite dos desfiles do Grupo Especial, a Sapucaí receberá a Portela. A dupla de carnavalescos Renato e Márcia Lage vai contar a história dos índios que viviam no Rio de Janeiro bem antes da chegada dos colonizadores portugueses.

    Confira a ordem e os sambas-enredos da primeira noite de desfiles do Grupo Especial:

    Domingo, 23 de fevereiro

    1ª – Estácio de Sá

    Enredo: “Pedra”

    2ª – Unidos do Viradouro

    Enredo: “Viradouro de alma lavada”

    3ª – Estação Primeira de Mangueira

    Enredo: “A verdade vos fará livre”

    4ª – Paraíso de Tuiuti

    Enredo: “O Santo e o rei: encantarias de Sebastião”

    5ª – Acadêmicos de Grande Rio

    Enredo: “Tata Londirá: o canto do caboclo no quilombo de Caxias”

    6ª – União da Ilha do Governador

    Enredo: “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”

    7ª – Portela

    Enredo: “Guajupiá, terra sem males!”

  • Viradouro © Divulgação/Riotur

    Neste domingo (23), acontece a primeira noite de desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Serão 13 escolas de samba no total, divididas entre domingo e segunda-feira (24). Confira qual a ordem dos desfiles na Marquês de Sapucaí desta noite e os sambas-enredos de todas elas.

    VOCÊ VIU? Dilsinho agita camarote com famosos no Anhembi

    Saulo recebe Thiago Abravanel e abre o dia em Campo Grande

    Vestida de Cavalo Marinho, Anitta se apresenta em Olinda

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    Campeã da Série A em 2019, a Estácio de Sá será a primeira a desfilar. Seu enredo “Pedra” vai falar da beleza sólida do material que é a base do Planeta Terra. A Unidos do Viradouro entrará na avenida em segundo lugar e contará a história, cultura e tradição do grupo musical Ganhadeiras de Itapuã, que surgiu dos cantos, danças e crenças das lavadeiras do litoral baiano.

    Atual campeã, a Estação Primeira de Mangueira será a terceira escola a entrar na avenida e promete fazer um desfile de reflexão. Com o enredo “A verdade vos fará livre”, Leandro Vieira vai tratar da volta de Jesus Cristo à Terra. Paraíso de Tuiuti será a quarta escola deste domingo, e contará o encontro entre São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro, e Sebastião I, jovem monarca português.

    A Acadêmicos do Grande Rio terá a estreia dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora no Grupo Especial e terão o enredo baseado na história do baiano Joãozinho da Gomeia. A União da Ilha do Governador será a penúltima escola a entrar na Sapucaí, com o enredo “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”. Aliás, carnavalescos que fizeram fama na Beija-Flor, como Fran-Sérgio e Laíla, agora defendem a Tricolor Insulana.

    Para encerrar a primeira noite dos desfiles do Grupo Especial, a Sapucaí receberá a Portela. A dupla de carnavalescos Renato e Márcia Lage vai contar a história dos índios que viviam no Rio de Janeiro bem antes da chegada dos colonizadores portugueses.

    Confira a ordem e os sambas-enredos da primeira noite de desfiles do Grupo Especial:

    Domingo, 23 de fevereiro

    1ª – Estácio de Sá

    Enredo: “Pedra”

    2ª – Unidos do Viradouro

    Enredo: “Viradouro de alma lavada”

    3ª – Estação Primeira de Mangueira

    Enredo: “A verdade vos fará livre”

    4ª – Paraíso de Tuiuti

    Enredo: “O Santo e o rei: encantarias de Sebastião”

    5ª – Acadêmicos de Grande Rio

    Enredo: “Tata Londirá: o canto do caboclo no quilombo de Caxias”

    6ª – União da Ilha do Governador

    Enredo: “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”

    7ª – Portela

    Enredo: “Guajupiá, terra sem males!”

  • Mangueira © Fernando Grilli/Riotur

    Neste domingo (23), acontece a primeira noite de desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Serão 13 escolas de samba no total, divididas entre domingo e segunda-feira (24). Confira qual a ordem dos desfiles na Marquês de Sapucaí desta noite e os sambas-enredos de todas elas.

    VOCÊ VIU? Dilsinho agita camarote com famosos no Anhembi

    Saulo recebe Thiago Abravanel e abre o dia em Campo Grande

    Vestida de Cavalo Marinho, Anitta se apresenta em Olinda

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    Campeã da Série A em 2019, a Estácio de Sá será a primeira a desfilar. Seu enredo “Pedra” vai falar da beleza sólida do material que é a base do Planeta Terra. A Unidos do Viradouro entrará na avenida em segundo lugar e contará a história, cultura e tradição do grupo musical Ganhadeiras de Itapuã, que surgiu dos cantos, danças e crenças das lavadeiras do litoral baiano.

    Atual campeã, a Estação Primeira de Mangueira será a terceira escola a entrar na avenida e promete fazer um desfile de reflexão. Com o enredo “A verdade vos fará livre”, Leandro Vieira vai tratar da volta de Jesus Cristo à Terra. Paraíso de Tuiuti será a quarta escola deste domingo, e contará o encontro entre São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro, e Sebastião I, jovem monarca português.

    A Acadêmicos do Grande Rio terá a estreia dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora no Grupo Especial e terão o enredo baseado na história do baiano Joãozinho da Gomeia. A União da Ilha do Governador será a penúltima escola a entrar na Sapucaí, com o enredo “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”. Aliás, carnavalescos que fizeram fama na Beija-Flor, como Fran-Sérgio e Laíla, agora defendem a Tricolor Insulana.

    Para encerrar a primeira noite dos desfiles do Grupo Especial, a Sapucaí receberá a Portela. A dupla de carnavalescos Renato e Márcia Lage vai contar a história dos índios que viviam no Rio de Janeiro bem antes da chegada dos colonizadores portugueses.

    Confira a ordem e os sambas-enredos da primeira noite de desfiles do Grupo Especial:

    Domingo, 23 de fevereiro

    1ª – Estácio de Sá

    Enredo: “Pedra”

    2ª – Unidos do Viradouro

    Enredo: “Viradouro de alma lavada”

    3ª – Estação Primeira de Mangueira

    Enredo: “A verdade vos fará livre”

    4ª – Paraíso de Tuiuti

    Enredo: “O Santo e o rei: encantarias de Sebastião”

    5ª – Acadêmicos de Grande Rio

    Enredo: “Tata Londirá: o canto do caboclo no quilombo de Caxias”

    6ª – União da Ilha do Governador

    Enredo: “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”

    7ª – Portela

    Enredo: “Guajupiá, terra sem males!”

  • Paraíso do Tuiuti © Fernando Grilli/Riotur

    Neste domingo (23), acontece a primeira noite de desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Serão 13 escolas de samba no total, divididas entre domingo e segunda-feira (24). Confira qual a ordem dos desfiles na Marquês de Sapucaí desta noite e os sambas-enredos de todas elas.

    VOCÊ VIU? Dilsinho agita camarote com famosos no Anhembi

    Saulo recebe Thiago Abravanel e abre o dia em Campo Grande

    Vestida de Cavalo Marinho, Anitta se apresenta em Olinda

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    Campeã da Série A em 2019, a Estácio de Sá será a primeira a desfilar. Seu enredo “Pedra” vai falar da beleza sólida do material que é a base do Planeta Terra. A Unidos do Viradouro entrará na avenida em segundo lugar e contará a história, cultura e tradição do grupo musical Ganhadeiras de Itapuã, que surgiu dos cantos, danças e crenças das lavadeiras do litoral baiano.

    Atual campeã, a Estação Primeira de Mangueira será a terceira escola a entrar na avenida e promete fazer um desfile de reflexão. Com o enredo “A verdade vos fará livre”, Leandro Vieira vai tratar da volta de Jesus Cristo à Terra. Paraíso de Tuiuti será a quarta escola deste domingo, e contará o encontro entre São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro, e Sebastião I, jovem monarca português.

    A Acadêmicos do Grande Rio terá a estreia dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora no Grupo Especial e terão o enredo baseado na história do baiano Joãozinho da Gomeia. A União da Ilha do Governador será a penúltima escola a entrar na Sapucaí, com o enredo “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”. Aliás, carnavalescos que fizeram fama na Beija-Flor, como Fran-Sérgio e Laíla, agora defendem a Tricolor Insulana.

    Para encerrar a primeira noite dos desfiles do Grupo Especial, a Sapucaí receberá a Portela. A dupla de carnavalescos Renato e Márcia Lage vai contar a história dos índios que viviam no Rio de Janeiro bem antes da chegada dos colonizadores portugueses.

    Confira a ordem e os sambas-enredos da primeira noite de desfiles do Grupo Especial:

    Domingo, 23 de fevereiro

    1ª – Estácio de Sá

    Enredo: “Pedra”

    2ª – Unidos do Viradouro

    Enredo: “Viradouro de alma lavada”

    3ª – Estação Primeira de Mangueira

    Enredo: “A verdade vos fará livre”

    4ª – Paraíso de Tuiuti

    Enredo: “O Santo e o rei: encantarias de Sebastião”

    5ª – Acadêmicos de Grande Rio

    Enredo: “Tata Londirá: o canto do caboclo no quilombo de Caxias”

    6ª – União da Ilha do Governador

    Enredo: “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”

    7ª – Portela

    Enredo: “Guajupiá, terra sem males!”

  • Grande Rio © Leo Franco/AgNews

    Neste domingo (23), acontece a primeira noite de desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Serão 13 escolas de samba no total, divididas entre domingo e segunda-feira (24). Confira qual a ordem dos desfiles na Marquês de Sapucaí desta noite e os sambas-enredos de todas elas.

    VOCÊ VIU? Dilsinho agita camarote com famosos no Anhembi

    Saulo recebe Thiago Abravanel e abre o dia em Campo Grande

    Vestida de Cavalo Marinho, Anitta se apresenta em Olinda

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    Campeã da Série A em 2019, a Estácio de Sá será a primeira a desfilar. Seu enredo “Pedra” vai falar da beleza sólida do material que é a base do Planeta Terra. A Unidos do Viradouro entrará na avenida em segundo lugar e contará a história, cultura e tradição do grupo musical Ganhadeiras de Itapuã, que surgiu dos cantos, danças e crenças das lavadeiras do litoral baiano.

    Atual campeã, a Estação Primeira de Mangueira será a terceira escola a entrar na avenida e promete fazer um desfile de reflexão. Com o enredo “A verdade vos fará livre”, Leandro Vieira vai tratar da volta de Jesus Cristo à Terra. Paraíso de Tuiuti será a quarta escola deste domingo, e contará o encontro entre São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro, e Sebastião I, jovem monarca português.

    A Acadêmicos do Grande Rio terá a estreia dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora no Grupo Especial e terão o enredo baseado na história do baiano Joãozinho da Gomeia. A União da Ilha do Governador será a penúltima escola a entrar na Sapucaí, com o enredo “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”. Aliás, carnavalescos que fizeram fama na Beija-Flor, como Fran-Sérgio e Laíla, agora defendem a Tricolor Insulana.

    Para encerrar a primeira noite dos desfiles do Grupo Especial, a Sapucaí receberá a Portela. A dupla de carnavalescos Renato e Márcia Lage vai contar a história dos índios que viviam no Rio de Janeiro bem antes da chegada dos colonizadores portugueses.

    Confira a ordem e os sambas-enredos da primeira noite de desfiles do Grupo Especial:

    Domingo, 23 de fevereiro

    1ª – Estácio de Sá

    Enredo: “Pedra”

    2ª – Unidos do Viradouro

    Enredo: “Viradouro de alma lavada”

    3ª – Estação Primeira de Mangueira

    Enredo: “A verdade vos fará livre”

    4ª – Paraíso de Tuiuti

    Enredo: “O Santo e o rei: encantarias de Sebastião”

    5ª – Acadêmicos de Grande Rio

    Enredo: “Tata Londirá: o canto do caboclo no quilombo de Caxias”

    6ª – União da Ilha do Governador

    Enredo: “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”

    7ª – Portela

    Enredo: “Guajupiá, terra sem males!”

  • União da Ilha © Fernando Grilli/Riotur

    Neste domingo (23), acontece a primeira noite de desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Serão 13 escolas de samba no total, divididas entre domingo e segunda-feira (24). Confira qual a ordem dos desfiles na Marquês de Sapucaí desta noite e os sambas-enredos de todas elas.

    VOCÊ VIU? Dilsinho agita camarote com famosos no Anhembi

    Saulo recebe Thiago Abravanel e abre o dia em Campo Grande

    Vestida de Cavalo Marinho, Anitta se apresenta em Olinda

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    Campeã da Série A em 2019, a Estácio de Sá será a primeira a desfilar. Seu enredo “Pedra” vai falar da beleza sólida do material que é a base do Planeta Terra. A Unidos do Viradouro entrará na avenida em segundo lugar e contará a história, cultura e tradição do grupo musical Ganhadeiras de Itapuã, que surgiu dos cantos, danças e crenças das lavadeiras do litoral baiano.

    Atual campeã, a Estação Primeira de Mangueira será a terceira escola a entrar na avenida e promete fazer um desfile de reflexão. Com o enredo “A verdade vos fará livre”, Leandro Vieira vai tratar da volta de Jesus Cristo à Terra. Paraíso de Tuiuti será a quarta escola deste domingo, e contará o encontro entre São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro, e Sebastião I, jovem monarca português.

    A Acadêmicos do Grande Rio terá a estreia dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora no Grupo Especial e terão o enredo baseado na história do baiano Joãozinho da Gomeia. A União da Ilha do Governador será a penúltima escola a entrar na Sapucaí, com o enredo “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”. Aliás, carnavalescos que fizeram fama na Beija-Flor, como Fran-Sérgio e Laíla, agora defendem a Tricolor Insulana.

    Para encerrar a primeira noite dos desfiles do Grupo Especial, a Sapucaí receberá a Portela. A dupla de carnavalescos Renato e Márcia Lage vai contar a história dos índios que viviam no Rio de Janeiro bem antes da chegada dos colonizadores portugueses.

    Confira a ordem e os sambas-enredos da primeira noite de desfiles do Grupo Especial:

    Domingo, 23 de fevereiro

    1ª – Estácio de Sá

    Enredo: “Pedra”

    2ª – Unidos do Viradouro

    Enredo: “Viradouro de alma lavada”

    3ª – Estação Primeira de Mangueira

    Enredo: “A verdade vos fará livre”

    4ª – Paraíso de Tuiuti

    Enredo: “O Santo e o rei: encantarias de Sebastião”

    5ª – Acadêmicos de Grande Rio

    Enredo: “Tata Londirá: o canto do caboclo no quilombo de Caxias”

    6ª – União da Ilha do Governador

    Enredo: “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”

    7ª – Portela

    Enredo: “Guajupiá, terra sem males!”

  • Portela © Riotur

    Neste domingo (23), acontece a primeira noite de desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Serão 13 escolas de samba no total, divididas entre domingo e segunda-feira (24). Confira qual a ordem dos desfiles na Marquês de Sapucaí desta noite e os sambas-enredos de todas elas.

    VOCÊ VIU? Dilsinho agita camarote com famosos no Anhembi

    Saulo recebe Thiago Abravanel e abre o dia em Campo Grande

    Vestida de Cavalo Marinho, Anitta se apresenta em Olinda

    Michel Teló terá bloco de Carnaval com tradução em libras

    Campeã da Série A em 2019, a Estácio de Sá será a primeira a desfilar. Seu enredo “Pedra” vai falar da beleza sólida do material que é a base do Planeta Terra. A Unidos do Viradouro entrará na avenida em segundo lugar e contará a história, cultura e tradição do grupo musical Ganhadeiras de Itapuã, que surgiu dos cantos, danças e crenças das lavadeiras do litoral baiano.

    Atual campeã, a Estação Primeira de Mangueira será a terceira escola a entrar na avenida e promete fazer um desfile de reflexão. Com o enredo “A verdade vos fará livre”, Leandro Vieira vai tratar da volta de Jesus Cristo à Terra. Paraíso de Tuiuti será a quarta escola deste domingo, e contará o encontro entre São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro, e Sebastião I, jovem monarca português.

    A Acadêmicos do Grande Rio terá a estreia dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora no Grupo Especial e terão o enredo baseado na história do baiano Joãozinho da Gomeia. A União da Ilha do Governador será a penúltima escola a entrar na Sapucaí, com o enredo “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”. Aliás, carnavalescos que fizeram fama na Beija-Flor, como Fran-Sérgio e Laíla, agora defendem a Tricolor Insulana.

    Para encerrar a primeira noite dos desfiles do Grupo Especial, a Sapucaí receberá a Portela. A dupla de carnavalescos Renato e Márcia Lage vai contar a história dos índios que viviam no Rio de Janeiro bem antes da chegada dos colonizadores portugueses.

    Confira a ordem e os sambas-enredos da primeira noite de desfiles do Grupo Especial:

    Domingo, 23 de fevereiro

    1ª – Estácio de Sá

    Enredo: “Pedra”

    2ª – Unidos do Viradouro

    Enredo: “Viradouro de alma lavada”

    3ª – Estação Primeira de Mangueira

    Enredo: “A verdade vos fará livre”

    4ª – Paraíso de Tuiuti

    Enredo: “O Santo e o rei: encantarias de Sebastião”

    5ª – Acadêmicos de Grande Rio

    Enredo: “Tata Londirá: o canto do caboclo no quilombo de Caxias”

    6ª – União da Ilha do Governador

    Enredo: “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”

    7ª – Portela

    Enredo: “Guajupiá, terra sem males!”