“Não dormi”, diz Tati Minerato após ser afastada da Gaviões


© Instagram


Tati Minerato se pronunciou sobre a decisão da escola de samba Gaviões da Fiel, que afastou a loira e Renata Teruel, após as duas protagonizarem uma briga em um ensaio no último dia 25.





VOCÊ VIU? Abuso no “Big Brother Brasil 18”: Está rolando ou não?

Autor mata personagens de “O Outro Lado” por ordem da Globo

Sem contrato, Emilly devolve duplex alugado e deixa RJ

Modelo de 63 anos surpreende seguidores por aparência jovial

“Hoje eu não consegui dormir direito, passei a noite me revirando na cama e lembrando tudo que já vivi na Gaviões e todo amor que tenho pelo meu pavilhão e pelo meu time. Eu não escolhi isso, simplesmente aconteceu, e não foi de ontem para hoje não, não sou uma aventureira de carnaval”, desabafou a famosa à revista “Quem”.

E continuou: “Não vou na quadra somente próximo dos desfiles, no meu sangue corre Gaviões da Fiel, é uma amor que eu não sei explicar!”.

A Ex-Rainha da Bateria contou ainda que sua paixão pelo carnaval não é de hoje. “Desde pequena frequento a quadra ao lado da minha mãe e da minha irmã, por anos sai na ala das passistas”, disse Tati.



A loira ainda admitiu que errou ao brigar com a colega: “Sei que eu errei e admito isso publicamente! Eu nunca quis e nunca vou querer prejudicar minha escola, sou um ser humano de carne e osso, erro e acerto como todo mundo”.



Para quem não sabe, em vídeo que circula na web, Minerato empurra Renata, que retribuiu a agressão. As duas acabaram sendo separadas por integrantes da Gaviões, que comunicou sua decisão, avisando que Sabrina Sato, que é madrinha da escola, sairá à frente da bateria.