Rainha da Beija-Flor, Raíssa revela ano de superação em 2020


© Instagram


Para Raíssa de Oliveira, este foi um dos Carnavais mais emocionantes da sua vida. A morena desfila como rainha de bateria desde 12 anos, no entanto, 2020 tem um gosto especial. Apesar de ser a sua décima oitava vez representando a Beija-Flor na Sapucaí, ela deu à luz a sua primeira filha há somente cinco meses e precisou intensificar a preparação para a folia.





VOCÊ VIU? Carvalheira em Olinda tem show de axé, funk e sertanejo

No Baile do Copa, Renata Spallicci usa look de protesto

Filho de Arlindo Cruz fala da emoção em ver o pai na avenida

Fora da bateria, Sabrina Sato elogia Vila Isabel: “Especial”

“Fui mãe recentemente, minha filha tem cinco meses. Esse ano foi de superação, porque as pessoas cobram muito de pessoas como nós, que somos figuras públicas. Esse ano também me cobrei muito com relação ao meu corpo, porque eu represento a bateria da Beija-Flor, não é uma escola qualquer. A gente tem que estar sempre impecável. As pessoas cobram muito, então eu também acabei me cobrando demais”, explicou à “QUEM”.

Apesar de estar à frente do coração da Beija-Flor há tanto tempo, Raíssa revelou muita ansiedade toda vez que entra na avenida. “Parece que é sempre meu primeiro ano, mas estou muito feliz. São dezoito anos à frente da bateria e, para mim, é motivo de muita honra. É muito tempo à frente da bateria, ainda mais em uma escola como a Beija-Flor”.