Rainha de Bateria da Mangueira usa fantasia com tapa-seios e desabafa: “Carnaval não é só nudez”


  • © Riotur

    Rainha de Bateria da Mangueira, Evelyn Bastos desfilou com os seios de fora, mas usou adesivos nos mamilos durante a apresentação da verde e rosa na Sapucaí na segunda, 4.

    VOCÊ VIU? De fio dental, Marquezine rebola em frente ao camarote de Neymar

    Neymar dá chega mais e depois beija moça no Camarote Salvador

    Sem Whindersson, Luisa Sonza tieta Neymar no Carnaval de Salvador

    Yanna Lavigne deixa polêmicas de lado e curte Carnaval com Gissoni

    Representando a escrava Esperança Garcia no enredo que exaltou heróis da resistência negros e índios, a beldade falou sobre a importância da personagem da história brasileira:

    “Ela foi considerada a primeira mulher advogada do Piauí. É importante em muitos aspectos. A Esperança Garcia hoje na minha fantasia representa o pobre, o favelado e, sobretudo, a mulher negra, porque nosso comprovante de residência já sofre um preconceito.Mas resolvemos retratá-la em forma de rainha. É uma homenagem”, disse ao “G1″.

    Evelyn aproveitou para ressaltar que o Carnaval carioca pode ser ferramenta de informação da sociedade: “Carnaval não é só nudez, é discurso político. Acho importante a fantasia trazer um discurso, porque tem a manifestação cultural em forma de arte. Ter um discurso político é fundamental para a nossa história enquanto carnaval”.

  • © Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018

  • © Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018

  • © Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018

  • © Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018

  • © Gabriel Nascimento -Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018

  • © Fernando Grilli - Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018

  • © Dhavid Normando - Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018

  • © Dhavid Normando - Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018

  • © Fernando Grilli - Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018

  • © Fernando Grilli - Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018

  • © Fernando Grilli - Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018

  • © Fernando Grilli - Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018

  • © Fernando Grilli - Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018

  • © Fernando Grilli - Riotur

    Sexta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Mangueira deu aula de história na Avenida e um emocionante tributo a Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018