Acusada de agredir Patrick Swayze no leito de morte, viúva se defende: “Uma imensa mentira”


  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação


Viúva do ator Patrick Swayze, Lisa Niemi rebateu os rumores de que teria maltratado o marido nos últimos meses de sua vida. A dançarina foi acusada por Charlotte Stevens, uma amiga do ator, de agredi-lo no leito de morte.

VOCÊ VIU? Amber Heard teria filmado colapso de Johnny Depp

“É uma imensa mentira. Simples assim”, disse o assessor de imprensa da atriz sobre as declarações.

Ao “RadarOnline”, Charlotte relatou: “Ela agarrava seus braços e pescoço, dava tapas. Como ele estava doente, ficou indefeso. Em seus dias finais, ela o abandonava em casa durante dias e ele ficava imundo em meio à urina e fezes”.

A amiga contou ainda que o casamento do loiro era muito conturbado. Antes de morrer, o astro de Hollywood descobriu que fora traído diversas vezes pela companheira.

Com o avanço de sua doença, Lisa proibiu que amigos e familiares visitassem o bonitão. A mãe de Patrick, que faleceu em 2013, morreu sem poder se despedir do herdeiro. “Consegue imaginar como é não ver o filho que está morrendo? Não há desculpas para isso e não sei o que Lisa estava pensando”, disparou.

Dias antes da morte do veterano, a dançarina tentou expulsar a sogra, de mais de 80 anos, da casa onde morava porque estava no nome do ator.

Patrick Swayze faleceu em 2009, aos 57 anos, por complicações em decorrência de um câncer no pâncreas.



Close sidebar